header top bar

section content

Marido é suspeito de jogar ácido no rosto da esposa

O principal suspeito é o marido da vítima, com quem ela vivia há oito anos.

Por Priscila Belmont

14/03/2017 às 16h31

Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto Secom)

Uma mulher de 33 anos, identificada como Suelani Gomes da Silva, foi queimada com ácido muriático no rosto, cabelo, orelha e parte do tórax. O crime aconteceu no início da manhã desta terça-feira (14) no distrito de Bebelândia, em Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa. O principal suspeito é o marido da vítima, com quem ela vivia há oito anos.

Segundo informações repassadas por Suelani, ela acordou sentindo fortes dores causadas pelas queimaduras químicas. Ao perceber que havia sido atacada por ácido, a mulher fugiu de casa na própria motocicleta e foi até o Hospital Flávio Ribeiro Coutinho, em Santa Rita. No local, recebeu os primeiros atendimentos médicos e foi transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, por volta das 5h.

A Polícia Militar (PM) está em busca do marido da vítima, principal suspeito da tentativa de homicídio. A PM informou ainda que o marido chegou a procurá-la no Hospital de Santa Rita, ameaçando funcionários e a própria esposa, a quem ele disse que mataria. O último boletim médico do Hospital de Trauma informa que Suelani tem quadro clínico estável.

Mais PB

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros