header top bar

section content

Crueldade! Conselheira tutelar confirma denúncias que padrasto espancava bebê e revela que acusado é usuário de drogas. Vídeo!

Ele teria declarado durante o depoimento ao delegado que teve um momento de fúria e praticou o crime, pois “estava com o demônio”. Confira os detalhes aqui!

Por Campelo Sousa

29/05/2017 às 16h29 • atualizado em 29/05/2017 às 16h34

O popular Iarley Mendonça de Sousa, 32 anos natural de Cajazeiras, Sertão da Paraíba é acusado de matar uma criança de 9 meses, na cidade de Lavras da Mangabeira, Estado do Ceará na noite dessa sexta-feira (26). O crime chocou a população e os internautas nas redes sociais.

A reportagem do Diário do Sertão, conversou nesta segunda-feira (29) com a conselheira tutelar da cidade de Cajazeiras, Socorro Pires, e ela falou sobre as denuncias de agressão que o órgão recebeu quando o acusado morava na cidade de Cajazeiras.

Pequena Gabriela (Foto: Arquivo Pessoal)

“O Conselho Tutelar chegou a ser acionado através de denúncia anônima e as pessoas afirmavam que Iarley batia na criança. ”, destacou.

A conselheira afirmou que fez três visitas ao local, mas nas duas últimas visitas o casal não foi mais encontrado na residência.

“Em minha opinião, a mãe foi conivente com tudo e omissa. Após recebermos as denúncias de agressão, nós iriamos tirar essa criança da mãe, mas, ela sempre fugia quando o conselho chegava na casa”, afirmou.

Veja mais!

+ Cajazeirense acusado de matar bebê no Ceará pode ter agido por ciúmes; Em depoimento ele disse que “estava com o demônio” VÍDEO!

+ Tia de bebê assassinado dá detalhes do caso e revela que padrasto cajazeirense entregou menina quase morta; “Recebi a menina morta”. VÍDEO!

+ CHOCANTE: Jovem cajazeirense é acusado de matar bebê de 9 meses, mordê-lo e jogá-lo contra parede; Ele foi preso em flagrante

O caso
Iarley é acusado de matar uma criança de 9 meses na cidade de Lavras da Mangabeira, Estado do Ceará, após uma ter discutido com a mãe da criança.
De acordo informações chegadas a nossa reportagem, ele ainda saiu de casa e nas proximidades de uma Praça teria passado a bater e morder o bebê até arrancar alguns dedos da criança, além de tudo teria jogado o recém-nascido contra a parede.

Populares ao perceberem a cena revoltante tentaram salvar a criança do sexo feminino, mas infelizmente ela já deu entrada no Hospital local em óbito.

DIÁRIO DO SERTÃO

CRÍTICA AOS POLÍTICOS

VÍDEO: Advogado lamenta que exista até ‘bancada da bala’ no Congresso, mas não uma ‘bancada dos pobres’

BALANÇO

VÍDEO: advogados e pastor debatem imunidade tributária das igrejas no Brasil

CONHECIMENTO

VÍDEO: III Simpósio de Administração da Santa Maria acontece online este ano; saiba como participar

DENÚNCIA

VÍDEO: Vereador cobra explicações de Zé Aldemir sobre contratos com empresa suspeita de irregularidades

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!