header top bar

section content

LAMENTÁVEL: Mototaxista é assassinado com tiro após reagir assalto no Sertão da Paraíba. FOTOS!

Familiares do senhor Manoel dos Santos Neto estão indignados e abalados com o homicídio, pois a vítima era um trabalhador sem vícios.

Por Luzia de Sousa

29/07/2017 às 09h13 • atualizado em 29/07/2017 às 09h22

Homem foi assassinado na cidade de Patos (Foto: Patos Online)

O mototaxista Manoel dos Santos Neto, 63 anos, residente no Bairro Belo Horizonte, em Patos, no Sertão da Paraíba foi assassinado na noite desta sexta-feira (28). O fato aconteceu na Rua Juvenal Lúcio, vizinho ao Cemitério São Miguel, Bairro Belo Horizonte, em Patos.

Manoel dos Santos foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdômen. Informações dão conta que ele teria resistido a um assalto e sofreu o disparo a queima roupa. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), porém veio a óbito minutos depois ao dar entrada no Hospital Regional de Patos.

Acusado foi preso em flagrante

A Polícia Militar foi ágil e prendeu o principal suspeito em flagrante delito. Ele estava portando um revólver calibre ponto 38. O homem de 34 anos, acusado do latrocínio, reside no Bairro da Vitória, em Patos. Ele já tem registros por atos ilícitos e agora está na Delegacia de Polícia Civil e já se encontra à disposição das autoridades.

O suspeito poderá responder por outros assaltos na cidade de Patos, entre estes estaria um praticado contra outro mototaxista nesta quinta-feira (27), no Conjunto dos Sapateiros, Bairro Monte Castelo.

Familiares do senhor Manoel dos Santos Neto estão indignados e abalados com o homicídio, pois a vítima era um trabalhador sem vícios.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patosonline.com

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa