header top bar

section content

Jovem é executado a tiros na casa do avô na cidade de São José de Piranhas; dupla teria invadido o local

Uma unidade do SAMU ainda chegou a transferir o jovem para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas de acordo com a assessoria da casa, ele chegou sem vida

Por Jocivan Pinheiro

18/10/2017 às 23h25 • atualizado em 19/10/2017 às 17h16

A vítima José Felipe Lopes de Oliveira

Um jovem de 20 anos de idade foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (18) na cidade de São José de Piranhas, Alto Sertão da Paraíba. O fato aconteceu por volta das 20:30 no Conjunto Frei Damião, saída para o município de Monte Horebe.

A polícia está investigando o caso, mas segundo as primeiras informações, ele estava deitado em uma rede dentro da residência que fica na quadra do avô quando dois homens teriam pulado o muro e abriram fogo. Pelo menos seis disparos o atingiram.

A vítima se chama José Felipe Lopes de Oliveira, vulgo “Felipe de Rapazinho”, e residia no bairro Catolezinho. O jovem foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital Municipal de São José de Piranhas, onde foi atendido e entubado, mas já havia perdido muito sangue.

Uma unidade do SAMU ainda chegou a transferir o jovem para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), mas de acordo com informações da assessoria do hospital, Felipe chegou sem vida porque perdeu muito sangue.

Os motivos do homicídio e os envolvidos ainda são desconhecidos. A Central de Informações da Polícia Militar disse que guarnições realizaram diligências na região para tentar localizar suspeitos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’

ANALISAR MELHOR FORMA

Presidente da OAB Nacional diz que irá discutir modelo legal para a questão do armamento no Brasil

PARTICIPE!

Retiro de Carnaval de Pombal recebe adesão de fiéis para a execução do maior evento religioso da cidade