header top bar

section content

Dançarinos de Cajazeiras ficam nus durante festa em prédio de prefeitura e caso vira destaque na Globo

A festa aconteceu no Estado do Ceará e o caso foi parar na Delegacia de Polícia Civil, e ainda poderá ser alvo de investigação do Ministério Público do Estado.

Por Luzia de Sousa

31/10/2017 às 16h01 • atualizado em 31/10/2017 às 16h28

Um vídeo gravado de celular em uma festa Halloween nesse sábado (28), no Centro de Integrado de Idosos, um prédio da prefeitura cedido para fazer o evento na cidade de Umari, Estado do Ceará viralizou nas redes sociais. As cenas gravadas são de nudez de dois dançarinos da cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, contratados para animar a festa.

Conselheiros tutelares da cidade denunciaram a festa, onde dois dançarinos realizaram performances com nudez na presença de crianças e adolescentes. Foi o que informou o presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Ceará, Eulógio Neto. As imagens foram destaques em reportagem da Rede Globo de Televisão.

A Polícia Civil de Icó investiga o vídeo da festa e deteve dois organizadores. “Recebemos a denúncia por meio de conselheiros tutelares de Umari. Eles pediram para a polícia local tomar providências. Já que a cidade não tem delegacia, o caso foi encaminhado para Icó, cidade vizinha”, afirmou um policial que conversou com a Globo

Os dois produtores afirmaram, em depoimento para a polícia, que contrataram dois dançarinos da cidade de Cajazeiras, na Paraíba. Duas pessoas estão foragidas.

Dançarinos eram da cidade de Cajazeiras, segundo organizadores (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Além das cenas de nudez perto de crianças e adolescentes, segundo Eulógio, o caso revoltou moradores da cidade pelo fato de a festa acontecer no espaço público cedido pela prefeitura da cidade para fazer festas comunitárias. O conselheiro tutelar afirma também que houve consumo de drogas e bebidas alcoólicas na festa.

O conselheiro disse ainda que um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi feito e o documento será encaminhado para o Ministério Público do Ceará (MP-CE) para que o órgão tome providências.

O outro lado
Em nota a prefeitura disse que no espaço, informa que o imóvel em questão é sempre usado na realização de eventos festivos, por ser o único espaço disponível na cidade, sendo os organizadores responsáveis objetivamente por toda prática exercida no interior do imóvel.

Ainda de acordo com a nota, a prefeitura diz que caso tenha sido realizado qualquer tipo de transgressão penal, cível ou administrativa, a gestão recomenda punição cabíveis. A prefeitura finalizou informando que a Casa do Idoso Mãe Dôrete, os eventos particulares, com exceção de aviversários, casamentos e eventos religiosos.

CEARÁ1 com G1

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Professora cajazeirense que milita em Sousa fala de desafios, manda recado e chora ao relembrar do filho

FOI ABANDONADA

VÍDEO: Mototaxista recupera moto que foi roubada em Cajazeiras e dá detalhes de como o crime aconteceu

AÇÃO NA JUSTIÇA

VÍDEO: Prefeita de Joca Claudino diz que está trabalhando para resolver situação de salários atrasados

DIA DOS PROFESSORES

VÍDEO: Professora de Patos relata prazeres e desafios da profissão: “Sou professora com muito orgulho´”