header top bar

section content

Colisão entre moto e carro deixa uma pessoa morta em Cajazeiras; vítima fatal era conhecido mototaxista

Ainda não há confirmação do que teria provocado a colisão, apenas que os dois veículos vinham em direções opostas na PB 393 quando se chocaram de frente

Por Jocivan Pinheiro

25/12/2017 às 15h42

Carlinhos mototaxista

Uma colisão entre moto e carro na rodovia PB 393, que liga Cajazeiras a São João do Rio do Peixe, deixou uma pessoa morta na tarde desta segunda-feira (25).

A vítima fatal é o mototaxista cajazeirense Francisco Carlos Lira de Albuquerque, mais conhecido como Carlinhos, de 52 anos. Ele morreu no local do acidente.

Ainda não há confirmação do que teria provocado a colisão, apenas que os dois veículos vinham em direções opostas e se chocaram de frente. O carro era pilotado por uma mulher.

O rabecão da Polícia Civil já recolheu o corpo para levá-lo ao IML da cidade e Patos.

VEJA TAMBÉM: Com suspeita de embriaguez, homem atropela mulher, foge e acaba batendo em outro carro no Sertão da PB

Acidente aconteceu na PB 393

Imediatamente após a notícia da morte de Carlinhos, amigos e colegas de trabalho demonstraram consternação nas redes sociais.

O presidente da Associação dos Mototaxistas de Cajazeiras, Augustinho Filho, escreveu: “Olhem aí, companheiros, o nosso companheiro de luta, o mototaxista Carlinhos, do posto 20, que teve sua vida interrompida por mais um acidente de trânsito. Desde já a Associação dos Mototaxistas de Cajazeiras deseja os nossos sentimentos a todos da família de nosso amigo Carlinhos. Que Deus conforte essa grande dor que só a família que passa por isso sente.”

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco