header top bar

section content

Atiradores se passam por funcionários de empresa de energia e matam jovem com vários tiros no Sertão

Os atiradores estavam em um veículo de uma empresa de energia e fardados conseguiram entrar na casa da vítima onde cometeram o assassinato

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

15/06/2018 às 14h38 • atualizado em 15/06/2018 às 14h45

Jovem foi morto a tiros em Brejo do Cruz (foto: arquivo familiar)

O jovem identificado como Arthur foi morto com vários tiros de pistola na tarde desta sexta-feira (15) na cidade de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações da polícia militar, dois homens não identificados invadiram a casa da vítima e efetuaram os disparos. Arthur foi atingido com vários tiros e morreu no local.

Em contato por telefone com o Diário do Sertão, o Sylvio Rabelo superintendente da Polícia Civil em Catolé do Rocha, revelou que os atiradores estavam em um veículo de uma empresa de energia e fardados conseguiram entrar na casa da vítima onde cometeram o homicídio e depois fugiram.

Veja também:
Jovem de 18 anos é assassinado com vários tiros na cabeça

Delegado fala sobre suposta lista de pessoas marcadas para morrer em Sousa

“Os atiradores utilizaram uma pistola para cometer o homicídio. Eles invadiram a casa e mataram vítima, mas a polícia civil está investigando para identificar e prender os criminosos”, disse o delegado.

O corpo da vítima será encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) em Patos para realização do exame cadavérico.

Ouça entrevista com o delegado Sylvio Rabello:

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição