header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Operação que investiga propina e lavagem de dinheiro é deflagrada em cidade do Sertão e na Capital

Mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em Patos no Sertão do estado, e João Pessoa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

02/08/2018 às 09h35 • atualizado em 02/08/2018 às 09h37

Operação Cidade Luz em Patos, no Sertão do estado

Uma mega operação do Ministério Público da Paraíba que investiga fraudes em contratos de iluminação pública foi deflagrada nas primeiras horas desta quinta-feira (02), onde resultou em um mandado de prisão preventiva e 16 mandados de busca e apreensão em locais onde funcionam prédios públicos da Prefeitura de Patos, no Sertão e João Pessoa, na Paraíba.

Denominada operação “Cidade Luz” , contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), com o apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Em posse do Gaeco, estão as investigações de propina, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações. As investigações apontaram o pagamento de propina e a existência de superfaturamento no contrato emergencial de iluminação pública firmado pela Prefeitura Municipal de Patos no ano de 2017, com a participação de agentes políticos, servidores comissionados e as duas empresas de energia.

De acordo com a investigação, há provas que outras empresas tiveram participação no fornecimento de propostas pré-ajustadas para a Concorrência Pública nº 01/2017, divulgada em edital no site no município no dia 13 de dezembro de 2017. Já com os agentes políticos e servidores comissionados, foi identificado o pagamento de propina por meio de lavagem de dinheiro.

O Gaeco, juntamente com o apoio do BOPE, estiveram no prédio da Procuradoria do Município de Patos e na Fundação Cultural de Patos (FUNDAP), responsáveis pelos eventos culturais da cidade, como a festa de São João de Patos.

A operação “Cidade Luz”, realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), teve a participação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), e as polícias Civil e Militar da Paraíba.

Os fatos ainda estão sob apuração e, assim que possível, novidades sobre a operação serão divulgados.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco com professor de Português destaca as variações da nossa língua

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local