header top bar

section content

GTE de São Bento e Catolé do Rocha estoura boca de fumo, apreende drogas e prende suspeitos no Sertão

Os suspeitos foram conduzidos para delegacia para que fossem adotados os procedimentos cabíveis.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

27/08/2018 às 16h14

Apreensão de drogas em boca de fumo em Catolé do Rocha

Policiais Civis do Grupo Tático Especial – GTE das cidades de São Bento e Catolé do Rocha, no sertão paraibano, desbarataram um ponto de venda de drogas e prenderam três suspeitos de tráfico de drogas na tarde deste domingo (26). A ação ocorreu na rua José Celestino Alves, no bairro Tancredo Neves.

Os policiais civis foram até o local após receber uma denúncia anônima informando que na referida localidade havia um comércio de entorpecentes. Ao chegarem nas proximidades, os policiais ficaram monitorando a movimentação na residência, momento em que um indivíduo chegou para comprar drogas. Nesse momento a Policiai Civil cercou a casa e ao adentra-lá foi feito uma varredura, sendo encontrado 59 trouxinhas de substância característica e semelhante a maconha, aproximadamente 30 gramas de uma substância característica e semelhante a crack, uma balança de precisão e uma quantia de R$ 94,00 em dinheiro os trocados, caracterizando portanto o tráfico de droga.

A droga estava escondida em vários lugares da residencia: em latas de alimentos, no armário do quarto do casal e dentro da cueca de uma criança de 12 anos de idade filho do proprietário da casa.

Os suspeitos presos foram dois jovens de 30 e 22 anos, juntamente com uma mulher de 29 anos, companheira de um deles. Os suspeitos foram conduzidos para delegacia para que fossem adotados os procedimentos cabíveis.

Essa foi a continuação da Operação Diacrisi realizada há 4 meses atrás no mesmo bairro onde estavam havendo vários crimes de tráfico, homicídios, tentativas de homicídio e crimes patrimoniais. Já são 18 pessoas presas desde a operação há alguns meses atrás, segundo dados da delegacia seccional 18º DSPC de Catolé do Rocha.

O Delegado Seccional Dr Sílvio Rabelo agradece a cooperação da população e região pelas inúmeras denúncias que estão sendo feitas e disponibiliza os telefones 197 ou (83) 3441-2030 caso alguém queira denunciar crimes. Dr Sílvio reforça que o sigilo das informações é garantido e não precisa se identificar.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática