header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

OUÇA: Ex-esposo de policial militar assassinada presta entrevista exclusiva e dá detalhes do crime

De acordo com o suspeito, a policial sacou a arma e chegou a atirar contra ele, mas a arma teria 'falhado' e ela teria sido dominada.

Por Luzia de Sousa

13/09/2018 às 07h23 • atualizado em 13/09/2018 às 09h07

A policial foi encontrada morta (Foto: Arquivo Pessoal)

Em entrevista exclusiva ao Blog do Naldo Silva, o segurança particular Franciélio Lima Vital, mais conhecido por Branco, assumiu a autoria do crime da ex-esposa, a policial militar Aline Ribeiro Araújo, 31 anos de idade, fato ocorrido na cidade de Tuparetama, Estado de Pernambuco.

VEJA MAIS

+ TRAGÉDIA: Mais um policial militar do Sertão da PB é assassinado a tiros; câmeras flagram suspeitos

+ Exclusivo: Em entrevista ao Blog, ex-marido da PM Aline confessa morte e diz como tudo aconteceu; OUÇA

Na entrevista ele contou que alugou um carro em Patos no final de semana e foi até a cidade pernambucana, onde ficou esperando a ex-companheira sair do serviço.

Branco contou que foi até a casa de Aline, onde dormiram juntos, mas depois disso o celular dela tocou, quando ele teria descoberto que a mulher estava se relacionando com outras pessoas.

De acordo com o suspeito, a policial sacou a arma e chegou a atirar contra ele, mas a arma teria ‘falhado’ e ela teria sido dominada e assassinada com a própria arma. Do relacionamento do casal, nasceu uma filha, hoje com três anos de idade.

Ouça entrevista do Blog do Naldo Silva!

Sobre o caso
Policiais civis e militares de Tuparetama, Pernambuco, visitaram nessa terça-feira (11), em Pombal, Sertão da Paraíba para ouvir o ex-esposo da policial militar Aline Ribeiro de Araújo, 31 anos de idade.

SAIBA MAIS!

+ Polícia do Pernambuco vem a Pombal buscar ex-esposo da PM Aline para ser ouvido por delegado

A PM, que era natural de Pombal foi encontrada morta pela manhã na cidade pernambucana, onde morava. A arma e o celular da vítima não foram encontrados.

Evandro Queiroga, advogado do ex-companheiro de Aline explicou ao Blog do Naldo Silva que seu cliente foi ouvido e liberado.

O caso
Uma policial militar, natural da cidade de Pombal, Sertão da Paraíbafoi encontrada morta dentro de casa, nessa terça-feira (11), na cidade de Tuparetama, Estado de Pernambuco.

Aline Ribeiro de Araujo, tinha 31 anos era lotada na 3ª Companhia da Polícia Militar, sediada na cidade de São José do Egito.

As primeiras informações davam conta com a jovem militar havia sido vitimada por um Acidente Vascular Cerebral (AVC), mas após a perícia teriam sido constatadas duas perfurações de bala no corpo da sertaneja da Paraíba.

Há informações que a mãe de Aline chegou ao local transtornada com o ocorrido.

Aline era policial militar (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo de Aline será translado para a cidade de Pombal ainda nesta terça para Pombal, onde será velado na residência dos pais. O sepultamento deverá ocorrer nessa quarta-feira (12), mas o horário ainda não foi defino pela família.

Amiga lamentou a morte e Aline

Nas redes sociais, uma professora da cidade de Pombal e amiga de Aline lamentou o fato e se solidarizou com a família.

DIÁRIO DO SERTÃO

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate