header top bar

section content

Justiça condena a 29 anos de prisão mulher que planejou a morte do próprio irmão na Paraíba

Durante o julgamento, Maria Celeste confessou ser a mandante do crime e que o motivo foi financeiro

Por ClickPB/T5

12/10/2018 às 10h56 • atualizado em 12/10/2018 às 11h23

Maria Celeste de Medeiros pagaria R$ 13 mil pelo crime

Acusada de orquestrar a morte do próprio irmão, Maria Celeste de Medeiros Nascimento confessou durante júri popular nesta sexta-feira (12) o crime. Ela foi condenada a 29 anos de prisão pelo 2° Tribunal do Júri da Paraíba pelos crimes de homicídio, roubo e falsificação de documentos. O julgamento durou mais de 20h e se estendeu pela madrugada.

Durante o julgamento, Maria Celeste confessou ser a mandante do crime e que o motivo foi financeiro. A defesa afirmou que vai recorrer da condenação por falsificação. Por sua vez, Walber do Nascimento Castro, acusado de intermediar o contato de Maria Celeste com os homens que executaram o homicídio, foi absolvido pelo júri popular, realizado no 2º Tribunal do Júri do Fórum Criminal de João Pessoa. O irmão Marcos Antônio do Nascimento Filho foi morto, no dia 4 de junho de 2016, em João Pessoa.

Também foram condenados Werlyda Rayara da Silva, à época namorada de Maria Celeste, e Jairo César Pereira, taxista acusado de dar cobertura aos bandidos, ambos a 17 anos e quatro meses de reclusão. A pedido do Ministério Público, o júri decidiu pela absorvição de Walber Nascimento Castro, por falta de provas de envolvimento no crime.

O irmão foi baleado em um suposto assalto na padaria administrada pela irmã, no Jardim Luna, em João Pessoa. O crime foi flagrado por câmeras de segurança, que mostram o momento em que a vítima é levada para dentro do estabelecimento e termina baleada, apesar de não reagir. Em seguida, os bandidos fogem em uma motocicleta.

Marcos ainda foi levado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A irmã, Maria Celeste, acompanhou todo o socorro, assim como as homenagens, que aconteceram nos dias seguintes. Ela ainda prestou depoimento como testemunha, mas a polícia já suspeitava da participação dela no crime.

Fonte: https://www.clickpb.com.br/Policial/acusada-de-planejar-morte-do-irmao-e-condenada-29-anos-de-prisao-248023.html

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras

EPISÓDIO 5

VÍDEO: Programa Coisas de Cajazeiras especial reverencia os mestres na arte de educar: os professores

VÍDEO: Ambientalista critica prefeito de Pombal por não resolver problema do lixão na entrada da cidade

CONHEÇA SEUS DIREITOS

VÍDEO: Advogados de Cajazeiras criticam INSS e orientam sobre o que fazer quando um benefício é cortado