header top bar

section content

Imagens de Câmeras de segurança ajudarão polícia a prender dupla que matou vigilante em Sousa

Esse foi o 2º homicídio registrado na cidade de Sousa, em apenas 3 dias do mês de dezembro.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

04/12/2018 às 14h35 • atualizado em 04/12/2018 às 14h37

Imagens já estão em poder da Polícia que segue as investigações

A tecnologia sempre é usada a favor dos trabalhos realizados pela Polícia no país.

Imagens de câmeras de segurança sempre são usadas pelos militares para auxiliar nas investigações e até mesmo reconhecer os acusados.

Na cidade de Sousa, sertão do estado, essa ajuda da tecnologia será usada para identificar e prender os acusados de assassinar a tiros o vigilante José Ferreira Neto de 43 anos, morto durante o seu trabalho na noite de segunda-feira (03).

Nessa terça-feira (04), o Grupo Tático Especial (GTE) em posse das imagens, realiza suas investigações.

Vigilante José Ferreira de 43 anos

+ Homem assassinado em Sousa havia incendiado a casa dos pais e tentado matar seu pai, segundo a polícia

+ DEZEMBRO SANGRENTO: Guarda noturno é brutalmente assassinado a tiros em Sousa

O CRIME

O Crime de morte aconteceu por volta das 22:30h, próximo ao Corpo de Bombeiros.

O Vigilante que trabalhava fazendo rondas noturnas no bairro, acabou surpreendido por dois homens em uma moto, que atiraram a queima roupa contra a vítima.

José morreu na hora, e a dupla foragiu do local tomando rumo ignorado.

2º CRIME EM APENAS 3 DIAS 

Esse foi o 2º homicídio registrado na cidade de Sousa, em apenas 3 dias do mês de dezembro.

O segundo aconteceu neste sábado (01), onde o jovem Janiel Januário da Silva de 26 anos foi assassinado a tiros dentro de sua residência.

A autoria do crime está sendo investigada e mantida em sigilo pela polícia.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco