header top bar

section content

Polícia cumpre mandado e prende em Cajazeiras acusado de assassinar idoso a tiros em agosto desse ano

Francisco de Assis da Silva, conhecido como "Assis de Balbina", foi preso na sua residência, onde a polícia encontrou um revólver com seis munições intactas

Por Jocivan Pinheiro

23/12/2018 às 12h05 • atualizado em 23/12/2018 às 12h12

Acusado é conduzido à delegacia pelos policiais

A Polícia Civil de Cajazeiras, através do Grupo Tático Especial (GTE), atendendo a um mandado de busca e apreensão da Justiça, prendeu neste sábado (21) o acusado de assassinar a tiros o aposentado Damião Alves de Sousa, 63 anos, no dia 1ª de outubro deste ano em Cajazeiras.

De acordo com informações da polícia, o acusado Francisco de Assis da Silva, conhecido como “Assis de Balbina”, foi preso na sua casa, onde foi encontrado um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

RELEMBRE O CASOIdoso é executado a tiros dentro de casa na Zona Leste de Cajazeiras; crime pode ser acerto de contas

Francisco é acusado de participar do assassinato de Damião Alves, que foi morto a tiros dentro de casa, no bairro Cristo Rei. Segundo a polícia, um carro parou em frente à residência da vítima e um dos ocupantes abriu fogo. A vítima foi socorrida com sinais vitais, mas faleceu no hospital. Ainda segundo informações da Polícia Civil, o mandado de prisão é temporário e poderá ser revertido em preventivo.

VEJA TAMBÉMHomem atira em duas pessoas por causa de som alto em Cajazeiras; uma das vítimas está em estado grave

DIÁRIO DO SERTÃO

OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas