header top bar

section content

Subtenente da Polícia Militar de 53 anos morre de infarto quando jogava partida de futebol em Icó-RN

Genival Teixeira da Silva passou mal e foi socorrido para o Hospital Regional de Icó, onde foi constatado que o militar tinha sofrido um infarto

Por Honório Barbosa / Diário do Nordeste

18/08/2019 às 10h22 • atualizado em 18/08/2019 às 10h27

Subtenente da Polícia Militar de Icó-RN, Genival Teixeira da Silva

Uma fatalidade aconteceu neste sábado (17), às 17 horas, em um campo de futebol localizado no conjunto Gama, em Icó-RN.

O subtenente da Polícia Militar Genival Teixeira da Silva, de 53 anos, passou mal durante uma partida de futebol e foi socorrido para o Hospital Regional de Icó, onde foi constatado que o militar tinha sofrido um infarto.

O subtenente Genival Silva era casado com Valdilene Cardoso, que trabalha na Secretaria de Cultura de Icó e tinha uma filha adolescente.

VEJA TAMBÉM: Professor sousense morre vítima de um infarto em pleno dia dos pais

Segundo o capitão da PM Juarez de Sousa, comandante da 2ª Companhia do 10º BPM de Icó, Genival trabalhava há mais de 10 anos no município e tinha 29 anos de corporação.

O corpo do militar está sendo velado no memorial Caminho da Paz e o sepultamento está previsto para as 11 horas no cemitério velho.

O subtenente Genival Silva era maçom, desportista e amante de violão. Tinha um grande círculo de amizades e sua morte deixou a população enlutada.

Fonte: Honório Barbosa / Diário do Nordeste - http://blogs.diariodonordeste.com.br/centrosul/cidades/subtenente-da-pm-infarta-e-morre-quando-jogava-futebol-em-ico/35319

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio