header top bar

section content

Sertanejo de 41 anos é morto a tiros próximo à prédio de prefeitura, na região de Catolé do Rocha

A Polícia esteve no local, realizou rondas mas até momento, ninguém foi preso.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

04/12/2019 às 10h32 • atualizado em 04/12/2019 às 10h51

Geomar César tinha 41 anos e era natural de Catolé do Rocha (Foto: reprodução / arquivo pessoal)

Um homicídio foi registrado na noite desta terça-feira (03), na cidade de Jericó, região de Catolé do Rocha, no Sertão do estado.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima foi o sertanejo Geomar César da Silva de 41 anos. Ele estava andando próximo a prefeitura de Jericó, quando foi surpreendido por dois suspeitos, que em posse de uma arma de fogo, atiraram a queima roupa contra Geomar.

Os suspeitos foragiram do local sem deixar pistas.

Ele foi socorrido para o Hospital Regional de Catolé do Rocha, mas devido a gravidade dos ferimentos, não resistiu e veio a óbito a caminho da unidade hospitalar.

A Polícia esteve no local, realizou rondas mas até momento, ninguém foi preso.

Ainda não se sabe o que teria motivado o crime.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESTAQUE

VÍDEO: Projeto de microcrédito coordenado por cajazeirense vence prêmio internacional em São Paulo

SE SENTINDO TRAÍDO

VÍDEO: Ricardo cita nomes responsáveis por racha e rejeita amizade com João: “Está na página deplorável”

FIM DO SONHO?

VÍDEO: Membro do comitê pede explicações sobre a não entrega do projeto do HU do Sertão dentro do prazo

VÍDEO

Júnior promete apoiar Denise para disputar prefeitura de Cajazeiras e denuncia gestão de Zé Aldemir