header top bar

section content

VÍDEO: Cabra é encontrada morta com sinais de estupro e espancamento na região de Catolé do Rocha

No local, populares identificaram que o animal estava com uma canga e ao lado do corpo havia uma camisinha que teria sido utilizada pelo criminoso

Por Jocivan Pinheiro

04/02/2020 às 18h16 • atualizado em 04/02/2020 às 18h19

Um crime chocou a população de Riacho dos Cavalos, no Sertão da Paraíba. Uma cabra foi violentada sexualmente e morta a pauladas nesta segunda-feira (03), dentro de uma propriedade no sítio Craúna.

No local, populares identificaram que o animal estava com uma canga, acessório utilizado para que a cabra não ultrapasse a cerca, e ao lado do corpo havia uma camisinha que teria sido utilizada pelo criminoso.

O fato causou revolta e deixou assustados alguns moradores da localidade. A polícia investiga o caso, porém até o momento sem sucesso.

Estuprar animais é considerado crime de acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98, e pode render detenção de três meses a um ano e ainda multa.

VEJA TAMBÉM

Na Paraíba, cadela que esperava dono com câncer na porta de hospital morre vítima da doença

Cão morto em Cajazeiras

Já em Cajazeiras, a morte de um cão que ocorreu no domingo (02) causou revolta em pessoas que fazem parte de grupos de proteção aos animais. O animal, que aparentemente não tinha dono, foi visto caído numa rua do bairro Cristo Rei com um grande ferimento no pescoço.

Os protetores de animais chamaram um casal de veterinários que constataram que o ferimento provavelmente foi causado por arma branca.

Os veterinários Wagner Pessoa e Cristina Carolino prestaram os primeiros socorros no local, mas, devido ao corte profundo e forte sangramento, o cachorro não resistiu e faleceu. De acordo com Cléo Moura, do grupo S.O.S. Pet, ninguém soube informar quem feriu o animal.

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO

VÍDEO: Sociólogo e militante político fazem debate acirrado e classificam os “farsantes da pandemia”

TROPEÇA MAS NÃO CAI

VÍDEO: Homem é atropelado, jogado por cima do capô e ainda consegue manter-se de pé, em Cajazeiras

OUTRA REALIDADE

VÍDEO: Após apelo na TV Diário do Sertão, ambulante quita dívidas e reata relacionamento com companheira

NÃO VACINADOS

VÍDEO: Médico de Cajazeiras atribui aos mais jovens as aglomerações em bancos e baladas clandestinas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!