header top bar

section content

Policial militar que trabalhava no Batalhão de Patos perde a luta contra o câncer e morre aos 33 anos

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte precoce de Rui que tinha apenas 33 anos

Por Campelo Sousa

28/05/2020 às 10h30

Rui Debson tinha apenas 33 anos (foto: arquivo familiar)

O policial militar Rui Deibson Holanda de Almeida, mais conhecido como “Soldado Almeida”, de 33 anos, morreu por volta das 16h desta quarta-feira (27) vítima de câncer.

O soldado trabalhava no Terceiro Batalhão de Polícia Militar com sede na cidade de Patos, Sertão da Paraíba.

Segundo familiares, Soldado Almeida morava em Sertânia-PE, era integrante da turma do ano 2016.2, mas em setembro concluiu o curso e passou a atuar no 3° BPM.

De acordo com informações dos colegas de trabalho, o velório e sepultamento acontecerão em Sertânia nesta quinta-feira (28).

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte precoce de Rui:

Rui Debson trabalhava no 3º BPM em Patos

DIÁRIO DO SERTÃO

TIRANDO DÚVIDAS

VÍDEO: Definidas as novas datas, promotor explica o que pode e o que não pode na pré-campanha eleitoral

OBRA DO DIABO?

VÍDEO: pastor de Cajazeiras diz que gafanhotos são enviados pelo demônio para destruir o Brasil

RECOMEÇO

VÍDEO: TV Diário do Sertão retoma, de forma gradual, sua programação com alterações; Saiba o que muda!

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: secretária de saúde lamenta aglomerações e revela: “Estamos caminhando para o lockdown”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!