header top bar

section content

Polícia Civil da Paraíba investiga possível estupro coletivo de adolescente após ela ter sido dopada

A adolescente teria sido dopada e estuprada após sair de uma festa em uma granja

Por Jocivan Pinheiro

12/10/2020 às 14h48 • atualizado em 12/10/2020 às 14h52

Uma adolescente de 16 anos procurou uma delegacia de Polícia Civil no Agreste paraibano para registrar um Boletim de Ocorrência de estupro que ela teria sofrido após ser dopada.

De acordo com o depoimento da adolescente, ela teria sido dopada e estuprada após sair de uma festa em uma granja localizada entre as cidades de Lagoa Seca e São Sebastião de Lagoa de Roça, mas não lembra do ocorrido.

VEJA TAMBÉM: PRF prende idoso condenado por estupro de vulnerável na região da Borborema

A adolescente saiu da festa com um homem que ainda não foi identificado. Pelas circunstâncias, a polícia suspeita que o estupro pode ter sido praticado por mais de uma pessoa.

As roupas da vítima estavam manchadas de sangue e foram encaminhadas para perícia no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. Ela também foi submetida a exame de corpo delito.

PORTAL DIÁRIO

PROJETOS E IRONIAS

VÍDEO: Candidata promete hospital para Santa Helena, e adversário pergunta se ela usa cartão do SUS

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Jornalista vê em resultado de pesquisa cenário do segundo turno nas eleições em João Pessoa

CURIOSIDADE

VÍDEO: Escritora paraibana detalha relação entre Lampião e Padre Cícero durante governo de Prestes

EM DEBATE

VÍDEO: Candidata promete hospital universitário em Santa Helena com “projeto audacioso, mas concreto”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!