header top bar

section content

No Sertão da PB, operação conjunta da Sefaz com PRF apreende cargas irregulares avaliadas em R$ 1 milhão

Os veículos transportavam produtos de mesa e banho de forma irregular como tecidos, colchas, mantas, toalhas, porta travesseiros, além de camas de PET, avaliadas em mais de R$ 1 milhão

Por Diário do Sertão com Secom/PB

28/09/2021 às 09h49 • atualizado em 28/09/2021 às 09h51

As apreensões foram resultados de uma ação conjunta da PRF e SEFAZ-PB.

Uma operação conjunta da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, no Sertão paraibano, dois veículos transportando produtos de mesa e banho de forma irregular como tecidos, colchas, mantas, toalhas, porta travesseiros, além de camas de PET, avaliadas em mais de R$ 1 milhão. A operação foi liderada pelos auditores fiscais Centro de Operações do Estado (COE) da 4ª Gerência Regional da Sefaz-PB, com sede em Patos.

Durante a operação conjunta, o primeiro veículo abordado foi na cidade de Pombal com 66 mil metros de tecido, avaliado em R$ 503 mil. Após diligências, ficou constatado que a empresa na cidade de Parelhas (RN) não existia e uma das empresas de São Bento também era inexistente. A lavratura do auto da infração resultou em crédito tributário de R$ 135 mil, sendo R$ 90.614,00 de ICMS e R$ 45.307,00 em multa.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: PRF e SEFAZ apreendem carga de mercadorias sem nota fiscal avaliada em R$ 740 mil no Sertão da PB

As apreensões foram resultados de uma ação conjunta da PRF e SEFAZ-PB.

O segundo veículo abordado com irregularidade, por auditores fiscais e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi em um trevo que dá acesso às cidades de São Bento e de Serra Negra (RN), transportando 16.800 mantas, 4.560 toalhas, 360 colchas de casal, 96 capachos, 90 camas PET e 120 portas travesseiros, avaliados em R$ 526.500,00. O motorista apresentou notas fiscais para a mesma empresa inexistente em Parelhas (RN) no veículo anterior. Foram lavrados cinco autos de infração que resultaram em crédito tributário de R$ 135 mil, sendo R$ 94.770,00 de ICMS e R$ 47.385,00 em multa.

A operação conjunta da Sefaz com PRF, por meio 4ª Gerência Regional da Sefaz-PB, contou com seis auditores fiscais, três agentes da Polícia Rodoviária Federal, além do apoio da 5ª Gerência Regional da Sefaz-PB, com sede em Sousa para realizar as diligências em São Bento.

As apreensões foram resultados de uma ação conjunta da PRF e SEFAZ-PB.

Ações fiscais intensificadas – A Sefaz-PB tem intensificado ações fiscais nas cinco gerências regionais do Estado para coibir a circulação de mercadoria com documentação inidônea, pendente de regularidade ou sem nota fiscal, com o objetivo de combater a sonegação fiscal e a concorrência desleal.

DIÁRIO DO SERTÃO

QUEM É O PAI?

VÍDEO: Radialista critica apoiadores de Lula e Bolsonaro por discórdia sobre autoria da Transposição

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Feira das Profissões, do Colégio Nossa Senhora do Carmo, ajuda alunos a pensarem o futuro

A LUTA CONTINUA

VÍDEO: Secretário de Saúde da PB se diz feliz com redução de óbitos da Covid, mas reforça cuidados

IGREJA CATÓLICA

VÍDEO: Mestre em Ciências da Religião fala sobre beatificação de Frei Damião e relata procedimento

Recomendado pelo Google: