header top bar

section content

VÍDEO: Estudante do 6º período de Direito de Cajazeiras é presa na Operação Aracati, diz delegado

A autoridade policial lamentou a prisão e disse que a universitária era uma das investigadas. Uma grande quantidade de armas, drogas e dinheiro foi apreendida com os suspeitos

Por Luiz Adriano

25/05/2022 às 12h14

O delegado seccional de Cajazeiras, Ilamilto Simplício, deu detalhes sobre a ‘Operação Aracati’ que foi deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (25) na cidade de São José de Piranhas, bem como em Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Aguiar e Carrapateira, todas no Sertão; além de João Pessoa e Campina Grande e ainda nos Estados de São Paulo e Ceará.

Conforme a autoridade policial, muitas armas de fogo, drogas e dinheiro foram apreendidos com a facção. Ele lamentou a prisão de uma jovem estudante do 6º período do curso de Direito da cidade de Cajazeiras. Ilamilto Simplício disse que ela era uma das investigadas na operação.

Ao todo, segundo o delegado, foram presas 11 pessoas na região de Cajazeiras. Ele explicou que a ação conjunta entre as Forças de Segurança desarticulou a facção criminosa que era composta por “membros de altíssima periculosidade”. Segundo o delegado, o grupo era sediado em São José de Piranhas e tinha ramificações em outros municípios.

ENTENDA

Uma mega operação policial denominada de ‘Operação Aracati’, foi deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (25) na cidade de São José de Piranhas, na região de Cajazeiras, com a finalidade de dar cumprimento a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário.

As buscas envolvem a prática do tráfico de drogas, inclusive interestadual; associação para o tráfico de drogas; comércio ilegal de arma de fogo; lavagem de capitais; associação e organização criminosa.

Foram oferecidas três denúncias pela Promotoria de Justiça de São José de Piranhas, cujos autos tramitam sob Segredo de Justiça junto ao Juízo de Direito da Comarca de São José de Piranhas-PB, relativas a fatos que envolvem a atuação de integrantes da Facção Criminosa denominada de NOVA OKAIDA na prática dos crimes investigados.

Estão sendo cumpridos 62 mandados judiciais, expedidos nas ações penais em curso, sendo 34 de prisão preventiva e 28 de busca e apreensão, em face de 39 pessoas, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, São José de Piranhas, Aguiar, Sousa, Cajazeiras, Carrapateira e Catolé do Rocha, bem como nos Estados de São Paulo e Ceará.

DIÁRIO DO SERTÃO

DRACO

VÍDEO: Assaltante investigado no ataque a carro forte entre Aparecida e Pombal é preso em Sousa

SORTEIO DE R$ 100,00

VÍDEO: “O que o Brasil mais precisa?” agitou o Pix Diário do programa Olho Vivo; veja as respostas

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Comerciantes de fogos juninos se adaptam para manter tradição em barraquinhas da cidade de Sousa

TRADIÇÃO DA ÉPOCA

VÍDEO: Comerciantes de produtos juninos avaliam vendas em Cajazeiras e temem mudança para outro local

Recomendado pelo Google: