header top bar

section content

Corpo de homem atropelado na BR-230 na zona rural de Cajazeiras é identificado

O acidente aconteceu na saída de Cajazeiras para Cachoeira dos Índios, nas proximidades do sítio Boi Morto, em frente a um posto de combustíveis

Por Luiz Adriano

31/05/2022 às 09h51 • atualizado em 31/05/2022 às 09h52

Cícero Neto Bento da Silva era conhecido como Amaral e tinha 35 anos. (Foto: reprodução/redes sociais).

O homem que morreu vítima de acidente de trânsito, na noite desta segunda-feira (30), na BR-230, na saída de Cajazeiras para o município de Cachoeira dos Índios, foi identificado. Trata-se de Cícero Neto Bento da Silva, conhecido como Amaral, de 35 anos.

O acidente ocorreu nas proximidades do sítio Boi Morto, em frente a um posto de combustíveis, e deixou o trecho bastante perigoso até que a Polícia Rodoviária Federal chegou e sinalizou o local.

Uma moradora registrou com seu celular minutos depois do acidente e disse que uma camionete de luxo atropelou o homem, que morreu no local.

Após o acidente, o motorista teria parado no posto de combustíveis para aguardar a polícia e relatar como o fato aconteceu.

O corpo foi removido ao IPC de Cajazeiras para realização da necrópsia.

DIÁRIO DO SERTÃO

SORTEIO DE R$ 100,00

VÍDEO: “O que o Brasil mais precisa?” agitou o Pix Diário do programa Olho Vivo; veja as respostas

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Comerciantes de fogos juninos se adaptam para manter tradição em barraquinhas da cidade de Sousa

TRADIÇÃO DA ÉPOCA

VÍDEO: Comerciantes de produtos juninos avaliam vendas em Cajazeiras e temem mudança para outro local

REAÇÃO

VÍDEO: Governador diz que lei sancionada por Bolsonaro é ‘absurdo’ e não reduz preços dos combustíveis

Recomendado pelo Google: