header top bar

section content

No Ministério da Integração e na tribuna, Lira renova cobrança de solução para a crise hídrica em Campina Grande

Raimundo Lira ressaltou que a crise hídrica na Paraíba se transformou em um problema emergencial

Por Luzia de Sousa

05/05/2016 às 12h35

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) (Foto: Edilson Rodrigues/Ag. Senado)

Em pronunciamento no Senado, o Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) cobrou novamente uma solução para a crise hídrica que atinge a Paraíba, sobretudo Campina Grande, que sofre com a escassez do Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), responsável pelo abastecimento de Campina e outros municípios do Compartimento da Borborema.

Raimundo Lira ressaltou que a crise hídrica na Paraíba se transformou em um problema emergencial, afetando diretamente Campina Grande e as 17 cidades abastecidas por Boqueirão, que tem capacidade para 550 milhões de metros cúbicos, mas atualmente está com menos de 10% desta capacidade, pelo fato de as chuvas este ano não terem caído nas cabeceiras dos rios Paraíba a Taperoá.

– O abastecimento de Campina Grande é emergencial. Não sabemos se há condições de esperar a transposição do Rio São Francisco. Ela será possivelmente uma das primeiras regiões a serem beneficiadas por essa transposição – alertou.

Raimundo Lira revelou que, recentemente, conversou com o Ministro da Integração Nacional e ele garantiu que a equipe técnica do Ministério está trabalhando, em tempo integral, para encontrar a solução, o plano B de abastecimento de Campina Grande.

– Não se trata de uma solução que exige rapidez. É uma solução que exige emergência. É absolutamente impossível atender, mesmo precariamente, uma cidade com 450 mil habitantes com carros-pipa. Tem de ser via abastecimento direto, com adutoras. É, portanto, uma solução emergencial. Nós estamos cobrando essa solução todos os dias”.

Ramal Piancó – Presidente da Comissão de Acompanhamento das Obras de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco, Lira também ressaltou que o Ramal Piancó, pleiteado e sonhado na Paraíba por mais de 50 anos, já é uma realidade. Esse ramal, conforme enfatizou na tribuna o parlamentar peemedebista, já foi incorporado na obra da transposição, que hoje já conta com aproximadamente 87% de conclusão.

Raimundo Lira reafirmou que o financiamento para as obras do Ramal Piancó já foi aprovado pelo Banco Mundial. O canal, conforme revelou, terá 30 quilômetros de extensão, no Rio Piancó, que vai desaguar no maior sistema de barragens da Paraíba, o Coremas/Mãe D’Água, com capacidade de 1,358 bilhão de metros cúbicos.

Assessoria de Imprensa

COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB

UNA FREVO 2019

VÍDEO: Com 16 atrações, destaques nacionais e percurso do frevo, carnaval da cidade de Uiraúna é lançado