header top bar

section content

Senadores elogiam postura “firme e isenta” e “espírito conciliador” de Raimundo Lira na condução da Comissão do Impeachment

Ele também lembrou que a Comissão cumpriu todos os prazos, prova de que não houve problemas na condução dos trabalhos.

Por Luzia de Sousa

07/05/2016 às 16h04

Senador Raimundo Lira, senador do estado da Paraíba

Durante a sessão desta sexta-feira (06), que marcou a votação do relatório do Senador Antônio Anastasia, pela continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma no Senado Federal, vários senadores destacaram, em suas falas, a postura do senador Raimundo Lira (PMDBV-PB) na condução dos trabalhos da Comissão Especial.

Todos os que falaram citaram a “postura firme e isenta” e o “espírito conciliador” com que o paraibano conduziu as sessões, conseguindo manter o ritmo e a sequência de atos do colegiado. Um destes senadores foi Ronaldo Caiado (GO), que falou em nome da liderança do Democratas e destacou o “espírito conciliador” de Raimundo Lira.

“Falo em nome da liderança do Democratas, de meus colegas senadores, senador José Agripino, senador Davi Alcolumbre e Senador Ricardo Franco. Eu quero, mesmo na ausência, enaltecer a postura do presidente Raimundo Lira, que mostrou o seu elevado espírito conciliador, sem dúvida alguma, com muita serenidade, mesmo nos momentos mais exaltados da comissão”, afirmou Caiado, ao encaminhar votação do DEM.

Ele também lembrou que a Comissão cumpriu todos os prazos, prova de que não houve problemas na condução dos trabalhos. “Um fato importante é que nós conseguimos cumprir exatamente o prazo determinado pela Lei 1.079, como também respeitamos a DPF do Supremo Tribunal Federal, ou seja, estamos encerrando hoje a primeira etapa com o resultado extremamente positivo”, afirmou.

Telmário Mota – O senador Telmário Mota (RR), líder do PDT, destacou a postura de Raimundo Lira nas sessões da Comissão, sobretudo a isenção com que dirigiu o colegiado. Ele lembrou que o paraibano soube dar espaços igualitários para os favoráveis e os contrários ao processo.

“Eu queria, senhor presidente, antes de iniciar minha fala, dizer que Vossa Excelência entrou aqui grande e vai sair robusto. Vossa Excelência é um homem que não foi só um mediador, foi um conciliador e, mais do que isso, conduziu o processo aqui com espírito democrático. Não deixou a maioria esmagar a minoria. Oportunizou a todos. Quero lhe parabenizar pela condução do processo”, disse o líder do PDT.

Eduardo Amorim – O Senador Eduardo Amorim, líder do PSC, também elogiou o paraibano. “Vejo que esta comissão realizou um trabalho sério, conduzido por Vossa Excelência, de forma competente e, acima de tudo, com grande respeito ao devido processo legal e ao estado democrático de direito”. Ele parabenizou Raimundo Lira “pela impecável lisura e pelo equilíbrio constante na condução do processo”.

Ao final da sessão, vários senadores foram cumprimentar pessoalmente o paraibano Raimundo Lira, que também recebeu mensagens e telefonemas destacando o seu trabalho na Comissão Especial do Impeachment.

Assessoria de Imprensa

Recomendado para você pelo google

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

SAIBA

É OU NÃO É FERIADO? Em entrevista, prefeito de Cajazeiras decide sobre o Dia de São Pedro