header top bar

section content

Analista prevê cenário hostil em Cajazeiras para quem tem aliança com políticos pró-impeachment

Ele reforça que o governo PT tem ampla maioria de eleitores no Alto Sertão paraibano que estão indignados com o impedimento da presidenta Dilma

Por Jocivan Pinheiro

12/05/2016 às 15h16 • atualizado em 12/05/2016 às 15h21

No Direto ao Ponto dessa semana, o analista político Jarismar Pereira prevê um cenário bastante hostil para os aliados do presidente interino Michel Temer (PMDB) em Cajazeiras, sobretudo se ele promover mudanças radicais nos programas sociais implantados nos governos  Lula e Dilma.

VEJA MAIS

Superintendência do HUJB emite Nota sobre morte da criança cajazeirense de 4 anos

Menino de quatro anos de idade da cidade de Cajazeiras morre em hospital de Patos-PB; Suspeitas foram infecção de pulmão e H1N1

Diretor do HUJB comenta morte de criança e diz que médicos não querem trabalhar sob pressão

Programas como Bolsa Família e FIES foram responsáveis pelo crescimento de Cajazeiras nos últimos anos, segundo ele, pois trouxeram alunos de todo o Brasil para novos cursos em novas faculdades implantadas na cidade graças à interiorização do ensino superior, e também melhoraram as condições financeiras das famílias pobres, refletindo diretamente na economia da região.

Jarismar reforça que o governo PT tem ampla maioria de eleitores no Alto Sertão paraibano que estão indignados com o impeachment de Dilma, e essa revolta pode refletir também nos candidatos a prefeito que mantiverem alianças com deputados e senadores que votaram a favor do afastamento da presidente.

DIÁRIO DO SERTÃO

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”