header top bar

section content

Justiça barra primeira pesquisa eleitoral após registro de candidaturas no Sertão

De acordo com a decisão, a pesquisa que seria divulgada nesse domingo (21) teria apresentado irregularidades.

Por Luzia de Sousa

19/08/2016 às 17h20

Juíza concede liminar e bloqueia contas de prefeitura no Sertão da Paraíba

O juiz da 69ª Zona Eleitoral, Bernardo Antônio da Silva Lacerda, suspendeu liminarmente, na tarde desta sexta-feira (19) a divulgação da pesquisa realizada pelo Instituto Opinião, em parceria com um Portal de Notícias da Paraíba.

A pesquisa para as eleições de outubro em São Bento, no Sertão da Paraíba não poderá ser divulgada, segundo decisão do magistrado sertanejo.

De acordo com a decisão, a pesquisa que seria divulgada nesse domingo (21) teria apresentado irregularidades.

Para a Justiça, o documento foi constatado que a consulta não observou a proporcionalidade populacional da cidade de São Bento ao distribuir as entrevistas entre os diversos bairros do município, como também, da escolaridade dos entrevistados, que não foi respeitada, impugnando assim, a divulgação.

O juiz estipulou multa de R$ 53.205 mil para quem desobedecer a liminar. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número PB-08388/2016, em 15 de agosto deste ano.

.

DIÁRIO DO SERTÃO com São Bento Online

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras