header top bar

section content

Justiça indefere registro de candidatura majoritária em Bonito de Santa Fé. Confira!

A coligação da cidade sertaneja ainda não se pronunciou sobre a decisão da juíza em primeira instância. Confira tudo aqui!

Por Luzia de Sousa

12/09/2016 às 17h25 • atualizado em 13/09/2016 às 07h57

Juíza Silse Maria indeferiu candidatura

A Juíza da Comarca de Bonito de Santa Fé, Silse Maria da Nóbrega Torres, acatou em parte o pedido de impugnação de registro de candidatura majoritária no município proposto pelo Ministério Público em agosto deste ano.

+ Candidato das oposições de Bonito de Santa Fé promete centro cirúrgico para hospital

O MP requereu a impugnação da coligação “Pra Fazer Bonito e Bem Feito”, que tem como candidato a prefeito James Araruna (PDT) e Sabino Dias (DEM), como vice.

Na decisão a magistrada deferiu a candidatura a prefeito e indeferiu a candidatura a vice, baseada na Lei da Ficha Limpa, pois o MP alegou contas reprovadas pele Tribunal de Contas da União a Sabino Dias.

A coligação ainda não se pronunciou sobre a decisão da juíza em primeira instância.

whatsapp-image-2016-09-12-at-16-45-07-1

.

DIÁRIO DO SERTÃO

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista

OLHARES DA EXPERIÊNCIA

VÍDEO: No dia dos professores, educadoras de Cajazeiras falam sobre prazeres e desafios da profissão

'NOVA SOUSA'

EXCLUSIVO: Europeu explica por que escolheu Sousa para um dos maiores empreendimentos da região Nordeste