header top bar

section content

Deputado de Cajazeiras renuncia a vaga na Mesa da ALPB para continuar exercendo sua profissão

Jeová Campos explicou que quer acompanhar alguns casos como advogado, mas se ficar na Mesa da ALPB será impedido de exercer a advocacia

Por Jocivan Pinheiro

04/02/2017 às 12h20 • atualizado em 04/02/2017 às 12h23

Deputado Jeová Campos

Para não perder o direito de exercer sua profissão, o deputado estadual Jeová Campos (PSB) vai renunciar ao cargo de 4° secretário na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), para o qual foi empossado recentemente.

Em participação numa emissora de rádio de Cajazeiras, Jeová explicou que pretende acompanhar alguns casos como advogado, mas se continuasse na Mesa Diretora da ALPB, estaria impedido de exercer a advocacia, por isso está abrindo mão da 4ª Secretaria da Mesa.

– A gente vai fazer a substituição por uma questão objetiva e não política. Eu sendo membro da Mesa, fico impedido de advogar, meu ofício de advogado fica suspenso. Me interessa retomar também a advocacia, tenho alguns casos que quero acompanhar de perto – justificou o parlamentar.

Jeová deverá se reunir nos próximos dias com o presidente da ALPB, Gervásio Maia (PSB), para definir quem vai ocupar sua vaga na Mesa. Ele antecipou que será alguém do PSB.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa