header top bar

section content

Wilson Filho: “O sustento de 720 mil famílias está garantindo com a aprovação da PEC da Vaquejada”

A vaquejada é acima de tudo isso, o meio de sobrevivência de 720 mil famílias.

Por Priscila Belmont

01/06/2017 às 19h33

Wilson Filho (PTB)

O deputado federal e líder da bancada paraibana na Câmara dos Deputados, Wilson Filho (PTB), comemorou a aprovação, em segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição 304/17, chamada PEC da Vaquejada, que acaba com os entraves jurídicos para a realização da atividade no Brasil. “Temos que comemorar, pois o sustento de 720 mil famílias está garantindo com a aprovação da PEC da Vaquejada”, comentou.

“É algo que está acima da cultura, de uma tradição centenária ou do esporte. A vaquejada é acima de tudo isso, o meio de sobrevivência de 720 mil famílias. Essa vitória que está sendo conquistada na Câmara vem de muito suor derramado de brasileiros e nordestinos”, destacou o deputado.

De acordo com Wilson Filho, a PEC, que segue agora para a promulgação pela Mesa do Congresso Nacional, altera a Constituição para deixar claro que não são consideradas cruéis as práticas desportivas que utilizem animais e sejam registradas como manifestações culturais do patrimônio cultural brasileiro.

A maioria dos deputados apoiou a PEC, que foi aprovada com 373 votos favoráveis e 50 contrários, além de 6 abstenções. Rede, Psol e PV defenderam a rejeição da proposta. PSDB e PT liberaram suas bancadas.

STF – Em outubro do ano passado, o Supremo julgou inconstitucional a vaquejada por submeter os animais à crueldade. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), acatada por 6 votos a 5, foi proposta pelo procurador-geral da República contra a Lei 15.299/13, do estado do Ceará, que regulamenta a vaquejada como prática desportiva e cultural no estado.

Assessoria

Recomendado para você pelo google

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão

DUAS CONDENAÇÕES

VÍDEO: Comentarista afirma que Lula vai morrer em breve porque “não aguenta mais tanta humilhação”

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Novas nomeações em Cajazeiras são resultado das ‘pazes’ entre Jeová e Júnior, diz comentarista