header top bar

section content

Primeira-Dama de Cachoeira dos Índios revela que prefeito não vai cumprir promessa de campanha e denuncia ex-secretário por compra irregular de medicamentos. VÍDEOS!

Durante a campanha eleitoral de 2016, Alan Seixas prestou em entrevista à TV Diário do Sertão e afirmou que reabriria o hospital municipal caso eleito.

Por Luzia de Sousa

03/06/2017 às 10h20 • atualizado em 03/06/2017 às 10h56

A primeira-Dama do município de Cachoeira dos Índios e atual secretária de Ação Social, Mabel Gonçalves Seixas revelou durante uma sessão especial realizada na Câmara Municipal da cidade, que o prefeito não tem condições de reabrir o hospital da cidade, que foi uma das suas principais promessas de campanha. “Pra gente reabrir o hospital está impossibilitado”.

+ Opositor denuncia falta de médicos, revela que promessas de campanha foram ‘esquecidas’ e declara que secretários de Alan é “panelada” Vídeo

Durante a campanha eleitoral de 2016, Alan Seixas prestou em entrevista à TV Diário do Sertão e afirmou que reabriria o hospital municipal caso eleito.

“O governador me prometeu reabrir o hospital. Não está aberto por má administração do gestor, porque Cachoeira dos Índios tem uma grande arrecadação de recursos próprios”, prometeu o prefeito na época.

Reveja a entrevista de Alan durante a campanha eleitoral!

Tribuna
Na tribuna da Casa Legislativa, a primeira-dama aproveitou para denunciar o ex-secretário de Saúde e atual vereador, José de Sousa Batista (Jacildo-PMN) por suposta irregularidade na compra de medicamentos.

“Fui farmacêutica da Farmácia Básica do município e tenho como provar que funcionava irregular”, denunciou Mabel Seixas

DIÁRIO DO SERTÃO

FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Azevêdo diz que apesar de Sousa não eleger nenhum deputado, cidade terá representante no governo

AGRADECIMENTOS

VÍDEO: Em show após morte do pai, cantor cajazeirense emociona ao contar trajetória e apoio da família

SE POSICIONANDO

Líder católico de Cajazeiras grava vídeo fazendo apelo para não votarem em Bolsonaro “pelo amor de Deus”