header top bar

section content

LICITAÇÕES: Prefeitura da cidade de Cajazeiras quer gastar quase R$ 5 milhões com empresas de limpeza e coleta de lixo, diz Tribunal de Contas do Estado

A Prefeitura Municipal de Cajazeiras está realizando dois processos licitatórios, segundo informações do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba

Por Luzia de Sousa

12/06/2017 às 17h52 • atualizado em 12/06/2017 às 17h55

Prefeitura da cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba

A Prefeitura Municipal de Cajazeiras está realizando dois processos licitatórios, segundo informações do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba nesta segunda-feira (12).

+ “Briga” do prefeito de CZ com a imprensa, “poder” da primeira-dama, bate rebate de Carlos e Zé e anúncio do filho de Jeová para prefeito movimentam semana; “É novo e limpo”

A primeira licitação é para contratação de empresa especializada na área de limpeza urbana, para os serviços de varrição, capinação, poda de árvores, coleta e transporte de resíduos sólidos domiciliares e comercial no município.

A licitação é no valor de R$ 4.543.150,80 e será realizada nesse dia 20 de junho (terça-feira), às 9h30min, no Centro Administrativo.

A segunda licitação trata-se de “Pregão Presencial” para contratar empresa especializada em coleta, transporte, tratamento, incineração e destinação final dos resíduos de serviços de saúde.

A licitação é no valor de R$ 305.799,96 e ocorrerá no mesmo dia e local às 8 horas. No total, a prefeitura de Cajazeiras pretende gastar R$ 4.848.950,76 com limpeza urbana e coleta de lixo.

DIÁRIO DO SERTÃO

MÊS ESPECIAL

VÍDEO: Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Cajazeiras encerra festa neste sábado com mensagem de paz

ANTAGONISMO

Bolsonaro x Haddad: plano de privatização do ensino contra gestão que abriu 126 universidades, diz padre

VÍDEO & FOTOS

DIA DAS CRIANÇAS: Atividades e festa resgatam o prazer de brincar em alunos de escola de Cajazeiras

MORTO HÁ DOIS ANOS

VÍDEO: Filha conta detalhes do assassinato de comerciante sousense e se emociona: “Sou Damião Malvino”