header top bar

section content

Ex-prefeito da cidade de Sousa é condenado por realizar propaganda antecipada de sua campanha na última eleição, segundo sentença do TRE

Ainda segundo o TRE, os candidatos realizaram e participaram de carreatas na cidade.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

06/07/2017 às 09h39 • atualizado em 06/07/2017 às 09h42

Ex-prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB) (Foto: Diário do Sertão)

O ex-prefeito da cidade de Sousa, sertão do estado André Gadelha (PMDB) está sendo condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral da paraíba, por propaganda antecipada realizada na última eleição na cidade.

André Gadelha e o candidato a vice-prefeito, Ennio Medeiros, foram acusados de realizar propaganda antecipada de sua campanha em uma convenção partidária, ato que não se enquadra em qualquer das hipóteses excepcionadas pela legislação eleitoral, conforme o TRE.

Ainda segundo o TRE, os candidatos realizaram e participaram de carreatas na cidade.

Veja a sentença:

Recurso conhecido e não provido, em harmonia com a manifestação ministerial. Vistos, relatados e discutidos os autos acima identificados, acorda o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, em proferir a seguinte decisão: “ DECISÃO: NEGOU-SE PROVIMENTO AO RECURSO NOS TERMOS DO PRIMEIRO VOTO DIVERGENTE, EM HARMONIA COM O PARECER MINISTERIAL, CONTRA O VOTO DO RELATOR E DO JUIZ MÁRCIO MARANHÃO BRASILINO DA SILVA. LAVRARÁ O ACÓRDÃO O JUIZ EMILIANO ZAPATA DE MIRANDA LEITÃO”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO: Xeque Mate homenageia mototaxistas e entrevista a única mulher mototaxista de Cajazeiras

HOMENAGEM

VÍDEO: Com música ao vivo, programa Diversidade em Foco faz reflexão sobre o Dia das Mães; Assista!

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo