header top bar

section content

Coordenação de Vigilância comemora mais uma queda no índice de infestação predial em Cajazeiras

Os técnicos em vigilância têm desempenhado suas funções com muita determinação

Por Luzia de Sousa

18/07/2017 às 13h03

Vigilância comemora mais uma queda no índice de infestação predial

Com o trabalho levado a sério e com muita determinação, a Coordenação de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde de Cajazeiras, sob a coordenação do agente de endemias Joatan Freire de Santana, auxiliado por agentes e técnicos em Vigilância – apresentam o resultado do último Levantamento do Índice Rápido por Aedes Aegypti (LIRAA) entre os meses de janeiro a julho do ano em curso (2017). Por esta razão tem comemorado a queda dos números.

Os técnicos em vigilância têm desempenhado suas funções com muita determinação seguindo as diretrizes que preconiza o Ministério da Saúde e Secretaria Municipal de Saúde de Cajazeiras.

Em quatro ciclos de visitas às residências e comércios da cidade, com (vinte e nove) agentes e técnicos em campo, os resultados mostram o quadro real desde os primeiros trabalhos realizados no mês de janeiro, até os dias atuais. Abaixo, uma tabela demonstrativa, para melhor amostragem:

(LIRAA) Levantamento do Índice Rápido por Aedes Aegypti:

– Casas Populares:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 7,2%)

2º resultado (24 a 28 de abril 4,3%)

3º resultado (de 3 a 7 de julho 2,6%)

– Bairro São José:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 9,3%)

2º resultado: (de 24 a 28 de abril 6,7%)

3º resultado (de 3 a 7 de julho 5,4%)

– Sol Nascente:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 9,3%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 3,1%)

3º resultado (de 3 a 7 de julho 2,3%)

– Pio X:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 20,4%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 12,5%)

3º resultado (de 3 a 7 de julho 15,6%)

– Por do Sol:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 9,2%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 4,1%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 3,9%)

– Conjunto Tancredo Neves:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

– Bairro dos Municípios:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado: (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

– Jardim Adalgisa:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

– Centro:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 2,8%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 1,3%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 1,1%)

– Remédios:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 11,5%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 2,8%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 6,8%)

– Fátima Santos:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 1,2%)

– Tecedores:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 4,8%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 2,9%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

– São Francisco:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro, 41,6%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 27,3%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 21,6%)

– Capoeiras:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 16,5%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 8,2%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 7,1%)

– Esperança:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 9,0%)

2º resultado (5,0%) (de 24 a 28 de abril 5,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 8,0%)

– Cristo Rei:

1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 11,9%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 4,9%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 4,4%)

– Jardim Oásis:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 12,2%)

2º resultado (8,5%) (de 24 a 28 de abril 8,5%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 8,5%)

– Santa Cecília:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 17,5%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 4,8%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 4,0%)

– Vila Nova:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 34%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 13,3%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 12,5%)

– Distrito Mecânico:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

-Jardim Soledade:
1º resultado (de 1º de janeiro ao dia 30 de janeiro 0,0%)

2º resultado (de 24 a 28 de abril 0,0%)

3º resultado (de 3 a 7 de abril 0,0%)

No geral, a primeira etapa de visitas correspondeu a (11,2%), já o segundo nível resultou em (4,1%) e o terceiro resultou em (3,8%).

Vale salientar que índices inferiores a 1%, estão em condições satisfatórias. (Menos de uma casa infestada a cada 100 casas pesquisadas). De 1% a 3,9%, este índice está em situação de alerta. Isso quer dizer que, (de uma a quatro casas infestadas a cada 100 casas pesquisadas).

O Levantamento do Índice Rápido por Aedes Aegypti (LIRAA) é comumente realizado num grande ciclo de quatro etapas: o primeiro acontece de (1º) a (30) de janeiro; o segundo acontece de (24) a (28) de abril; o terceiro acontece de (03) a (07) de julho e; o quarto acontece entre os dias (23) a (28) de outubro.

De acordo com Hênio Rocha, que é técnico em vigilância em saúde pública e supervisor de campo – as atividades dão inicio a coleta das larvas, porém, a partir dai o material é enviado a um laboratório que passa por análise rigorosa de infestação para obtenção dos primeiros resultados.

Ainda de acordo com Hênio, este resultado parcial registrou uma diminuição de 0,3% no geral, porém, algumas localidades registraram um aumento, como observado o caso do Pio X (3,1%), Tancredo Neves (2,1%), Remédios (4,0%) e, Esperança (3,0%). O referido aumento se dá devido às chuvas caída nos últimos dias e, descuido por parte da população dos bairros acima mencionados.

SECOM-CZ

OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas