header top bar

section content

UNIÃO! André Gadelha desiste de candidatura e decide apoiar Renato para Estadual e Leonardo para Federal

Durante a entrevista, o ex-prefeito André Gadelha (MDB) falou que após conversa com o grupo ele decidiu desistir de sua pré-candidatura

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

19/02/2018 às 17h08

Depois de muitas especulações, enfim o grupo Gadelha decidiu que Renato Gadelha (PSC) será o nome para disputar uma vaga no cargo de deputado estadual. O anúncio oficial foi feito durante entrevista coletiva na rádio Max FM na tarde desta segunda-feira (19).

Durante a entrevista, o ex-prefeito André Gadelha (MDB) falou que após conversa com o grupo ele decidiu desistir de sua pré-candidatura a deputado estadual para apoiar as candidaturas de Renato para estadual e Leonardo Gadelha (PSC)para Deputado Federal.

“Não foi fácil tomar essa decisão, mas tenho maior respeito e quero que vocês passem isso para os eleitores, vamos ser vitoriosos se Deus quiser. Vamos continuar fazendo política juntos, fazer a nossa parte e fazer Sousa a cidade dos nossos sonhos”, disse André Gadelha.

Renato disse que hoje era o dia mais feliz da sua vida, e que sempre manteve a calma quando surgiam as especulações sobre a sua candidatura ou a de André: “Sentimento de família, de grupo politico sempre nos unia. Nunca tivemos nenhum problema pessoal.”

Quanto ao mistério de quem será o candidato a disputar as eleições para governador, o grupo afirmou que dentro de alguns dias sairá o anuncio oficial.

“Aqueles que apostam em desunião da família Gadelha, pode tirar o cavalo da chuva”, afirmou Renato.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador