header top bar

section content

Prefeitura de Monte Horebe distribui vacinas gratuitas para combater a febre aftosa

O produtor que deixar de imunizar o rebanho ou não registrar a vacina estará sujeito à multa.

Por Luzia de Sousa

10/05/2018 às 11h14

Criadores de Monte Horebe recebem vacinas para seus rebanhos

A Prefeitura de Monte Horebe, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente realiza durante todo o mês de maio, a distribuição gratuita da vacina contra a Febre Aftosa. A vacinação obrigatória a todo o gado bovino do estado deve ser realizada até o próximo dia 31 de maio.

No município de Monte Horebe essa vacinação está sendo realizada com apoio da Prefeitura Municipal que adquiriu doses suficientes de vacina contra febre aftosa e contra raiva para distribuição gratuita com os criadores. Nesta terça-feira (9) o secretário de Agricultura, Alvaci Dias e o prefeito, Marcos Eron (PMDB), deram início a campanha com a distribuição de doses para criadores.

O produtor que deixar de imunizar o rebanho ou não registrar a vacina estará sujeito à multa.

A febre aftosa é causada por um vírus, sendo necessária a vacinação do rebanho para prevenção da doença. A dose da vacina é de 5 ml e a temperatura de conservação do produto pode variar entre 2°C a 8°C, devendo ser aplicada na tábua do pescoço do animal a segunda etapa da campanha ocorrerá em novembro, mas somente para o gado com até 24 meses.

Sobre a importância da vacinação, o secretário Alvaci destacou que “além do animal ficar imune à doença, o criador pode transitar com o rebanho, comercializá-lo livremente, participar de eventos como feiras e exposições”, ressaltou.

DIÁRIO DO SERTÃO com Tribuna 10

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio