header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Apostas para votos de Dra Paula, a sorte de Sousa e desprestígio de Cajazeiras com RC movimentam semana

"Os dirigentes do Atlético Esporte Clube de Cajazeiras renunciaram. Não suportaram o peso das dívidas trabalhistas existentes", escreveu o colunista.

Por Luzia de Sousa

21/05/2018 às 09h44

Ao lado do marido e prefeito José Aldemir, a pré-candidata Dra. Paula

Frase da semana
“Rômulo Gouveia morre como sempre viveu: de coração”. Do advogado Sheyner Ásfora, sobre a vida do deputado federal e grande político paraibano, falecido neste dia 13 de maio, na cidade de Campina Grande.

VEJA TAMBÉM!

VÍDEO: Em Cajazeiras, Lucélio Cartaxo revela alianças na região e promete Hospital de Trauma do Sertão

+ Com morte de titular, Sousa ganha representação em Brasília; Marcondes assumirá vaga de deputado

Tendência
Nas esquinas de Cajazeiras, ouve-se: “caso Lula não seja candidato, voto em Bolsonaro”. O número de admiradores dele cresce a cada dia entre os cajazeirenses e sertanejos. Parece existir uma tendência sobre o novo. Só o tempo para confirmar esta “simpatia”

Aposta casada
Teria sido realizada uma aposta entre dois simpatizantes deste tipo de negócio, que foi em torno do número de votos que Dra. Paula poderá tirar em Cajazeiras: 11.000 votos. Os dois cheques estão trancados num cofre de um empresário cajazeirense e mais o dinheiro de cinco grades de cerveja para a comemoração do vitorioso, com direito ao derrotado de participar também.

A lógica da aposta
Os possíveis 11.000 votos que Dra. Paula tiraria em Cajazeiras, como candidata a deputada estadual, seria a mesma quantidade que seu esposo Zé Aldemir tirou na última eleição para a Assembléia da Paraíba, com o apoio de parte do grupo de Carlos Antonio.

A lógica da aposta
Como Dra. Paula não teria mais o apoio do grupo de Carlos Antonio, esta ausência seria compensada com a presença de Zé Aldemir comandando a caneta da prefeitura de Cajazeiras, que indiscutivelmente, é “uma fábrica de fazer votos”, mais os votos pessoais de tradicionais eleitores de Zé Aldemir, estes inclusive mais fáceis de serem transferidos.

O espólio de Rômulo Gouveia
Com a morte prematura do deputado federal Rômulo Gouveia, na Região do Alto Piranhas, os prefeitos que o apoiavam estariam liberados, ou o seu substituto, que será indicado pela viúva, conseguirá manter a fidelidade ao saudoso Rômulo?

O deputado Marcondes Gadelha assumiu o cargo deixado por Rômulo

Sousa em alta
A cidade de Sousa, na mesma semana conseguiu se projetar politicamente com a ascensão de Marcondes Gadelha à Câmara Federal, no lugar de Rômulo Gouveia e Zenildo Oliveira, vice-prefeito da cidade tomou posse na secretaria de Turismo do Estado, cuja indicação poderá ter sido de Fábio Tyrone, prefeito de Sousa, que tem prestígio sobrando no governo de Ricardo Coutinho.

Não rias de mim
Com estas duas grandes vitórias da cidade de Sousa, os seus líderes voltam a passar uma cancela na saída para a cidade de Cajazeiras e sorriem para seu povo. Enquanto isto, para Cajazeiras o governo do estado, no corte do bolo do poder, só restou uma secretaria executiva. “Ó Sousa, não rias de mim”, mas um popular que ouviu esta frase comentou: “eles agora vão é zombar de nós”.

Presidente do Atlético entregou o cargo na semana passada

Pobre Atlético
Os dirigentes do Atlético Esporte Clube de Cajazeiras renunciaram. Não suportaram o peso das dívidas trabalhistas existentes de diretorias passadas e abandonaram o barco. A torcida atleticana começa a viver mais um drama e o sofrimento aumenta cada vez mais. Quem poderá salvá-lo? Comentam que Tico Miudeza lambe uma rapadura para assumir a direção novamente.

De volta ao passado?
No final da década de 60 a cidade de Cajazeiras vivia atormentada com três contumazes ladrões, tanto arrombavam casas comerciais como residências e um deles depois que assaltava se alimentava do bom o do melhor e ainda deixava como saldo uma vasilha cheia de merda na geladeira. O destino dos três: morreram com tiros de doze e até hoje não se tem noticias dos autores dos crimes. Esta semana um jovem com uma página recheada de crimes se deu mal e foi morto, quando assaltava um estabelecimento comercial, com um tiro na testa.

Chegada de Lucélio Cartaxo em Cartaxo

Pífia
A reunião do pré-candidato a governador, Lucélio Cartaxo, com as lideranças da região, na sede da AMASP, segundo os “olheiros” da cidade, foi simplesmente pífia, sem expressão. O único prefeito que apareceu foi Bosco Fernandes. Falha de comunicação? Falta de coordenação? A assessoria merece uma nota zero. Os possíveis articuladores falharam redondamente. Neste embalo, só retirando o cavalo da chuva.

Zé Aldemir
Nas rodas das fofocas políticas, na hora em que Zé Aldemir tomou conhecimento da vinda de Lucélio Cartaxo para Cajazeiras, teria viajado de véspera para João Pessoa. Zé, como não sabe ainda em quem vai votar, simplesmente escafedeu-se.

DIÁRIO DO SERTÃO com Gazeta do Alto Piranhas

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco com professor de Português destaca as variações da nossa língua

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local