header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

VÍDEO: Ex-candidato a prefeito diz que Zé Aldemir é bem-intencionado, mas sua equipe “não está à altura”

Gildemar Pontes defende mudanças no secretariado e na filosofia político-administrativa das gestões

Por Jocivan Pinheiro

04/07/2018 às 19h51 • atualizado em 04/07/2018 às 20h01

Ex-candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PSOL, o professor e escritor Carlos Gildemar Pontes avaliou o prefeito José Aldemir como um gestor bem-intencionado, porém mal assessorado pela sua equipe de secretários.

Para Gildemar, os problemas que José Aldemir vem enfrentando à frente da Prefeitura são antigos, acumulados e deixados por outras gestões municipais. Ele citou, por exemplo, o bloqueio de recursos do Governo Federal quando o Município ficou negativado no CAUC – Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias.

“Lamentavelmente houve, durante algum tempo, problemas graves de administração, colocando Cajazeiras como devedora do Governo Federal. Bloquearam as portas dos recursos para Cajazeiras e isso foi muito ruim para a cidade. Mas eu acredito na boa intenção do prefeito José Aldemir”, declarou Gildemar, que defende mudanças no secretariado.

“Talvez a sua equipe não esteja à altura do que ele gostaria para a cidade. Mas quem fez a escolha foi ele, então ele que consiga decidir entre seu grupo quem deve permanecer, quem deve mudar”.

VEJA TAMBÉMTCE intima prefeito de Cajazeiras por suposta irregularidade em licitação

José Aldemir, prefeito de Cajazeiras

Bajuladores

Para que a cidade se desenvolva a partir da política administrativa, Carlos Gildemar Pontes acredita que o foco na competência técnica dos servidores é um dos principais caminhos.

“Eu desejo ao prefeito boa sorte, mas é preciso dar uma reviravolta nessa concepção de governo em que apenas aliados, apenas quem apoiou, é quem tem vez dentro das administrações de prefeituras. É preciso transformar a Prefeitura em um local de competência. Se você não transforma em local de competência, você vai ter eternamente bajuladores se escorando em empregos públicos, atrás de uma migalha qualquer, e isso é o empobrecimento da política”.

DIÁRIO DO SERTÃO

NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens