header top bar

section content

VÍDEO: Em Cajazeiras, candidatos criticam segurança pública e falam de projetos contra tráfico no Sertão

Tárcio Teixeira , João Azevedo e Lucélio Cartaxo fizeram críticas e discutiram propostas para a segurança

Por Jocivan Pinheiro

25/09/2018 às 22h46 • atualizado em 25/09/2018 às 22h49

No debate desta segunda-feira (24) em Cajazeiras, realizado pela TV Diário do Sertão com a OAB, os candidatos ao governo do estado Tárcio Teixeira (PSOL), João Azevedo (PSB) e Lucélio Cartaxo (PV) fizeram críticas à segurança pública e discutiram propostas para melhorá-la.

Para denunciar falta de policiamento nas rodovias, Tárcio Teixeira relatou que no dia do atentado ao presídio de segurança máxima PB1, ele fez uma viagem intermunicipal e em momento algum foi parado por alguma blitz. O candidato do PSOL também ressaltou as constantes explosões a agências bancárias no Sertão do estado.

Em resposta, João Azevedo disse que a gestão de segurança do Governo do Estado já apreendeu 13 toneladas de drogas e já investiu R$ 228 milhões no setor. Mas reconheceu que é preciso aprimorar as ‘políticas de inteligência’.

“Não existe política pública perfeita e completa. Toda política pública precisa de aprimoramentos. Nós estamos dizendo que vamos implantar os centros de monitoramento e controle para controlar todas as saídas das rodovias”.

MAIS DEBATE

Veja um resumo de tudo que aconteceu no debate com os candidatos ao governo em Cajazeiras

Lucélio e José Maranhão discutem geração de emprego e renda para Pombal e São Bento

Tárcio Teixeira afirma que pacientes estão morrendo na saída do Sertão para grandes centro

Candidatos discutem universidades no Vale do Piancó e Tárcio acusa governo de fechar 300 escolas

Os candidatos Tárcio Teixeira , João Azevedo e Lucélio Cartaxo

Comentário de Lucélio

Pelas regras, Lucélio Cartaxo teve direito de comentar sobre o tema. Ele reafirmou que pretende implantar o projeto Caminho Seguro para investir em tecnologia e mais policiais nas fronteiras.

Além disso, Lucélio prometeu políticas preventivas como aumentar o acesso das crianças e adolescentes às escolas em tempo integral, ao esporte e à cultura.

“O governo atual está trabalhando com as portas abertas, entram e saem sem nenhuma fiscalização. Claro que a questão está relacionada à questão nacional, mas governo que se preze tem que resolver sua parte”, disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco