header top bar

section content

VÍDEO: ‘Mexem no salário dos pobres porque eles não caçam presidente’, afirma padre de Cajazeiras

No Direto ao Ponto desta quinta-feira (03), Padre Francivaldo criticou a redução do salário mínimo previsto pelo governo Temer

Por Jocivan Pinheiro

03/01/2019 às 15h16

No Direto ao Ponto desta quinta-feira (03), Padre Francivaldo criticou a redução do salário mínimo previsto pelo governo Temer, que seria R$ 1.006 a partir de 2019, mas foi fixado em R$ 998 pelo governo Bolsonaro.

Padre Francivaldo afirma que “mexem no salário dos pobres porque eles são indefesos, não caçam presidente da República”.

No entanto, o colunista estimula o povo a não se acomodar, a participar do governo fiscalizando-o e cobrando ações sociais que melhore, sobretudo, a vida dos mais necessitados.

VEJA TAMBÉM

+ Colunista lamenta redução do salário mínimo previsto e afirma que outras medidas duras virão

DIÁRIO DO SERTÃO

DÍVIDAS ALTAS

EXCLUSIVO: Juiz se pronuncia sobre processo trabalhista que pode tirar Atlético do Campeonato Paraibano

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras