header top bar

section content

VÍDEO: Vice-prefeito de Cajazeiras explica por que deixou PT para se filiar ao MDB a convite de Maranhão

Marcos do Riacho do Meio era filiado ao PT desde sua primeira eleição para vereador. Com o partido, se destacou na Câmara e foi convidado para ser candidato a vice-prefeito

Por Jocivan Pinheiro

06/02/2019 às 14h21 • atualizado em 06/02/2019 às 14h25

O vice-prefeito de Cajazeiras, Marcos do Riacho do Meio, cumpriu o que havia antecipado na semana passada durante entrevista ao programa Balanço Diário, da TV Diário do Sertão. Marcos se desfiliou do PT para se filiar ao MDB a convite do senador José Maranhão, líder do partido na Paraíba.

Na entrevista da semana passada, mesmo antes de ter anunciado a desfiliação, ele alegou que precisava de um partido que lhe desse mais segurança para as eleições de 2020.

“Nunca deixei de conversar com o pessoal do MDB. (…) Nesse momento eu tenho que ter uma sigla que eu tenha confiança. Vai ter as eleições de 2020 e a gente tem que estar com uma sigla na mão que tenha confiança”, disse.

VEJA TAMBÉM: Marcos do Riacho do Meio diz que Jucinério Félix deveria voltar à bancada de situação porque não tem para onde ir

Marcos do Riacho do Meio era filiado ao PT desde sua primeira eleição para vereador. Com o partido, ele se destacou na Câmara Municipal e foi convidado por José Aldemir (PP) em 2016 para compor a chapa como candidato a vice-prefeito nas eleições de Cajazeiras.

Como vice-prefeito, ajudou a trazer para o quadro de secretários da prefeitura dois colegas petistas: Laurecy Penaforte, que foi secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, e José Maria Gurgel, que foi secretário de Meio Ambiente. Porém, ambos não estão mais na prefeitura.

DIÁRIO DO SERTÃO

RÉU DA OPERAÇÃO CALVÁRIO

VÍDEO: Advogado esclarece o que muda no processo de Ricardo após autorização para retirar tornozeleira

OBSTRUÍDAS

VÍDEO: Comandante da PM dá detalhes do protesto que parou a pavimentação da estrada de Boqueirão

AÇÕES DE MORO

VÍDEO: Advogado lista equívocos e ilegalidades no processo da Lava Jato que prendeu Lula

ESTRATÉGIAS

VÍDEO: Jornalista acredita que Carlos Antônio pode indicar vice de Marquinhos fazendo acordo para 2022

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!