header top bar

section content

VÍDEO: Em resposta a ex-secretária, Paula cita desvio de recursos, motel em sítio e venda de cirurgias

As revelações da deputada vieram à tona quando ela foi indagada sobre as declarações da ex-secretária de Desenvolvimento Humano de Cajazeiras, Gerlane Moura

Por Jocivan Pinheiro

29/09/2020 às 13h45 • atualizado em 29/09/2020 às 13h54

No programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão, a deputada estadual Paula Francinete (Progressistas) revelou uma série de supostas irregularidades cometidas por três mulheres que eram servidoras da Prefeitura de Cajazeiras. Além das irregularidades, ela também citou um suposto esquema de encontros entre políticos e mulheres casadas em um sítio.

As revelações da deputada vieram à tona quando ela foi indagada pelo apresentador Fernando Antônio a respeito das declarações da ex-secretária de Desenvolvimento Humano de Cajazeiras, Gerlane Moura, no programa Passando a Limpo. Naquela ocasião, Gerlane deu sua versão do motivo de sua exoneração da secretaria. Entre as várias declarações polêmicas, a ex-secretária insinuou que Dra. Paula utilizou dinheiro da Secretaria de Saúde do Município na campanha para deputada.

Ao comentar sobre as declarações de Gerlane, Dra. Paula disse que não responderia a ‘três mulheres pérfidas’: “Eu não vou dar resposta a três mulheres pérfidas com interesses contrariados. Vou dar resposta agora ao povo, que me interessa”.

Em seguida, Dra. Paula acabou revelando que as três mulheres (cujos nomes não foram citados) foram exoneradas porque estariam cometendo irregularidades, dentre as quais desvio de recursos públicos e cobrança de valor dobrado de cirurgias em João Pessoa. Além disso, elas seriam responsáveis por promover encontros extraconjugais em um sítio (a localidade não foi citada).

VEJA TAMBÉM

Em entrevista bombástica, ex-secretária de Zé Aldemir expõe pela 1ª vez os motivos de sua saída

Ao se referir às três mulheres, Dra. Paula citou a frase “Quando os donos saem, os ratos fazem a festa”, e em seguida acrescentou: “Esses ratos não vão tirar dinheiro da pobreza enquanto eu for viva, não vão conseguir me separar de Zé Aldemir [prefeito de Cajazeiras e seu marido], pode botar a matéria que quiser, se quiser botar matéria com ela [suposta amante do prefeito] na cama fazendo aquilo, não adianta, não vão conseguir”.

“Esse dinheiro é do povo pobre, as secretarias são para trabalhar para a pobreza, não são para se tornar rico. A gente não pode fazer da política organizações criminosas para desviar recursos”, completou a deputada.

DIÁRIO DO SERTÃO

APENAS DANOS MATERIAIS

VÍDEO: Carreta transportando pá eólica tomba na Serra de Santa Luzia e deixa BR parcialmente interditada

EXCLUSIVO

VÍDEO: Jovem suspeito de homicídio em Cajazeiras se diz inocente e que estava em casa na hora do crime

DECISÃO SERÁ RÁPIDA

VÍDEO: Advogado prevê que vereadores de São José de Piranhas serão cassados pelo TRE-PB ainda em 2021

NA MISSA DE 7º DIA

VÍDEO: ‘Antes de morrer, Zerinho visitou Santuário e se despediu de Cajazeiras’, revela Arlan Rodrigues

Recomendado pelo Google: