header top bar

section content

Comentarista lamenta confusões e regalias nas câmaras de CZ e Cachoeira. “Não tem tema para ser debatido?”

De acordo com Jorge Batista, na Câmara de Cachoeira dos Índios os vereadores ganham bem e ainda usufruem de três meses de férias

Por

04/11/2015 às 19h38

?

A confusão entre os vereadores Adriano da Vila Nova e Jucinério Félix na Câmara Municipal de Cajazeiras, na sessão desta terça-feira (3), foi um dos temas levantados por Jorge Batista no seu Direto ao Ponto desta semana. O radialista criticou a postura dos parlamentares e questionou se, ao invés de estarem brigando por causa de mudanças de lado político, não há nenhum assunto de interesse da população para ser debatido.

Jorge Batista também comentou as regalias dos parlamentares em algumas câmaras da região, especialmente a de Cachoeira dos Índios, onde, segundo ele, os vereadores ganham bem e ainda usufruem de três meses de férias. O radialista classificou a situação como um “descalabro”.

“Um cidadão comum vê isso e não quer aguentar calado, tamanho descalabro. Esperamos que o presidente da Câmara, no próximo ano, possa ter mais prudência e diminuir mais esse recesso e fazer com que os vereadores debatam mais os temas de Cachoeira, e que os outros presidentes da região possam também tomar uma iniciativa de diminuir esse período que já é muito grande. Será possível que não tem nenhum tema que precise ser debatido em Cachoeira e na região?”, questionou.

Assista ao Direto ao Ponto com Jorge Batista na TV Diário do Sertão:

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”

ASSISTA E SE DIVIRTA!

É TIRO: Nova pegadinha de humorista Sousense causa pânico na população e muita correria. Veja!

VIRALIZOU NA WEB

Vídeo de jovem que se feriu ao pular de sangria de barragem no Sertão vai parar em página de humor