header top bar

section content

VÍDEO: Professor de Direito diz que Bolsonaro teme o Impeachment para não pagar por seus crimes

"A corrupção no Brasil nunca parou, muito pelo contrário, ela simplesmente disparou", disse o advogado.

Por Redação Diário do Sertão

02/07/2021 às 19h49 • atualizado em 02/07/2021 às 19h51

O advogado e professor de Direito, Hebert Melo, concedeu uma entrevista ao programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão e falou sobre o Governo Bolsonaro. Ele disse que a corrupção no Brasil nunca deixou de existir e citou a história de governos passados que levantaram, assim como o presidente atual, a bandeira da anti-corrupção.

“O brasileiro de um modo geral não estuda a história. Um outro presidente da república chamado Jânio Quadros, ele vai vencer a eleição com o mesmo lema, ‘vamos varrer a corrupção no Brasil’ … essa bandeira de anti-corrupção no Brasil ela não é nova, ela não é de hoje, a gente pode adiantar a história e chegamos a 89 com Fernando Collor que dizia a mesma coisa … o Bolsonaro aproveita exatamente essa onda de ‘vamos acabar com a corrupção’ …”, explicou.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Com Bolsonaro, milícia virou principal crime organizado do Brasil, avaliam professor e ativista

Hebert Melo é advogado e professor de Direito. (Foto: TV Diário do Sertão).

Hebert citou a saída de Sérgio Moro como exemplo e disse que o ex-ministro saiu por não ter autonomia para trabalhar. O advogado afirma que o presidente Jair Bolsonaro tem tentado de todas as formas fechar as brechas para não ser pego em nenhuma falha de corrupção. “Ele vai ocupar os espaços, por exemplo: Polícia Federal, Procuradoria Geral da República, então onde tem delegado que o persegue e denuncia ele tira”, pontuou.

Ainda sobre a maneira do presidente manipular os órgãos de Segurança Nacional, o professor comentou sobre a postura da Polícia Federal e do Exército Brasileiro e disse que ambos “estão caindo em um mundo sombrio”.

O advogado explicou que o governo está fazendo de tudo para não perder o cargo porque segundo ele, são inúmeros delitos cometidos. O jurista disse que o grupo do Centrão no Congresso Nacional “pode impedir o Impeachment de Bolsonaro”.

“O que ele quer é não perder o poder para não pagar por seus crimes, são muitos. A corrupção no Brasil nunca parou, muito pelo contrário, ela simplesmente disparou”, ressaltou.

DIÁRIO DO SERTÃO

VOLTOU PARA CASA COM DORES

VÍDEO: Mulher denuncia que médica negou atendê-la em posto de Cajazeiras após ela ‘fungar’ com o nariz

ABSURDO

VÍDEO: Após quatro meses, loja é novamente arrombada durante a madrugada, no centro de Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: João Azevêdo destaca queda em mortes por covid; 107 cidades da PB não registraram óbitos em julho

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ótica A Graciosa lança promoção para a Semana dos Pais; saiba como ganhar um super presente

Recomendado pelo Google: