header top bar

section content

Em dia de Black Friday, presidente da Frente Parlamentar do Consumidor alerta para cumprimento das leis

O deputado estadual Wilson Filho é presidente da Frente Parlamentar do Consumidor na ALPB. Ele fez um alerta para toda a população sobre o cumprimento dos direitos

Por Portal Diário com Assessoria

26/11/2021 às 19h53 • atualizado em 26/11/2021 às 19h55

(Imagem ilustrativa).

Esta sexta-feira (26) é dia de Black Friday em todo o Brasil, marcado por um grande número de promoções. O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar do Consumidor, Wilson Filho, fez um alerta para toda a população sobre o cumprimento dos direitos. Entre inúmeras leis de autoria do deputado, se destaca a Lei de nº 11.891, sancionada pelo governador João Azevêdo, em abril deste ano, que disciplina a conduta dos estabelecimentos comerciais nessa data em toda a Paraíba.

Conforme a Lei, os estabelecimentos que aderirem à Black Friday na Paraíba deverão fornecer informações claras e verdadeiras sobre os produtos e serviços em promoção, em especial sobre o preço praticado sem desconto. Além disso, também estão obrigados a guardar informações relativas aos preços praticados nos produtos e serviços ofertados há pelo menos três meses antes da promoção.

VEJA TAMBÉM

Lei de autoria de Wilson Filho prevê multa para “falsos descontos” durante a Black Friday na PB

Wilson Filho, deputado estadual. (Foto: divulgação).

Para o deputado Wilson Filho, no dia da black friday os consumidores devem redobrar a atenção para o cumprimento dos seus direitos. “Alguns estabelecimentos aproveitam a grande movimentação de clientes e colocam falsos descontos. A lei de nossa autoria é uma importante ferramenta para proteger os consumidores de possíveis enganações”, disse o deputado.

O descumprimento da Lei sujeitará os estabelecimentos às penas previstas no Código de Defesa do Consumidor, que pode acarretar em advertência, multa ou até suspensão das atividades. Além das sanções do Código, fica estabelecida multa de 50 a 100 Unidades Fiscais de Referência na Paraíba (UFR-PB), que representa valores entre R$ 2.913,50 e R$ 5.827,00, caso seja reiterado o descumprimento.

A fiscalização do cumprimento da Lei e a aplicação das penalidades competem aos órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor. Em caso de denúncias e para tirar dúvidas sobre os direitos do consumidor, pode entrar em contato com Procon Estadual através do telefone 151 ou acessar o site: procon.pb.gov.br.

Histórico

Desde 2019, Wilson Filho preside a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos do Consumidor da Assembleia Legislativa que tem priorizado pautas em torno do fortalecimento dos órgãos de controle e cumprimento do Código de Defesa do Consumidor.

PORTAL DIÁRIO

AVALIAÇÃO NEGATIVA

VÍDEO: Presidente do PT municipal critica ausência de Zé Aldemir e diz que Cajazeiras está sem prefeito

MOTIVO DE SAÚDE

VÍDEO: Prefeito de Sousa cancela entrevista após se sentir ‘indisposto’; secretário não confirma Covid

161ª VÍTIMA FATAL

VÍDEO: Idosa de 104 anos morre na cidade de Sousa e exames confirmam que ela tinha Covid-19

EFEITO NAS PESQUISAS

VÍDEO: Militante avalia que Bolsonaro está ‘derretendo’ porque fake news não estão mais surtindo efeito

Recomendado pelo Google: