header top bar

section content

Plebiscito em prol da Reforma Política acontece em CZ, Sousa e região; população deve participar até domingo

O "plebiscito popular" tem intuito de verificar se a população deseja ou não a convocação de uma Assembleia Constituinte para realizar uma reforma política.

Por

03/09/2014 às 17h35

Semana da Pátria tem Plebiscito Popular

O movimento denominado “Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva pela Reforma Política” está instalado também em Cajazeiras, Sousa e região. A Semana em prol da Reforma Política acontece até o próximo domingo (07).

O "plebiscito popular" tem intuito de verificar se a população deseja ou não a convocação de uma Assembleia Constituinte exclusiva para realizar uma reforma política. A intenção da mobilização é demonstrar o desejo popular por mudanças no sistema político e pressionar o poder público a convocar um plebiscito oficial sobre a reforma política.

O plebiscito é uma iniciativa da Plenária Nacional dos Movimentos Populares. Na Paraíba, ao todo 111 urnas estão espalhadas em 32 municípios, com objetivo de reunir 300 mil votos a favor da proposta.

Em Cajazeiras, as urnas fixas estão instaladas no IFPB, nas escolas Monte Carmelo, Costa e Silva, Maria Guimarães Coelho (zona sul), Vitória Régia, Manoel Mangueira e Vitória Bezerra, nos postos de saúde da Vital Rolim, do Bairro da Esperança, da Vila Nova e do Sol Nascente, na associação de moradores da Vila Nova, na Igreja Congregacional Evangélica e no Sindicatos dos Funcionários Públicos Municipais (Sinfunc).

As urnas estarão também nos municípios de Uiraúna, Sousa, Aparecida, Jericó, Pombal, Condado e Patos.

O cidadão pode votar também online, através do site http://www.plebiscitoconstituinte.org.br/vote-no-plebiscito#voto. Para conhecer melhor a proposta da Reforma Política, acesse o site http://www.plebiscitoconstituinte.org.br/

O plebiscito tem apenas uma questão: “Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?”. A população pode responder sim ou não para mostrar se concorda com a convocação de uma assembleia nacional constituinte para fazer a reforma política.

Os representantes dessa assembleia seriam parlamentares eleitos pelo povo, com novas regras e com a única responsabilidade de debater as mudanças possíveis relacionadas ao sistema político, por meio de novas leis e emendas na atual Constituição.

A expectativa do plebiscito é alcançar 10 milhões de assinaturas – maior número já atingido por um plebiscito popular no país – que serão entregues ao Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal (STF) e Presidência da República.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco