header top bar

section content

Vice-prefeito revela, em conversa com jornalista, empenho máximo na reeleição de Ricardo Coutinho

Médico, Zé Célio, segundo Thalles, se mostra entusiasmado e muito otimista com a candidatura à reeleição do atual governador Ricardo Coutinho

Por

19/08/2014 às 19h12

Thales e José Célio (Foto: Montagem DS)

Na último final de semana, o jornalista e analista político Thalles Gadelha esteve com o vice-prefeito de Sousa, o médico José Célio de Figueiredo, onde dialogaram demoradamente sobre política, sobretudo a nível municipal e estadual. Na oportunidade, eles que são amigos, em uma conversa amistosa, focaram nas eleições de 2014 onde médico Zé Célio, segundo Thalles, se mostra entusiasmado e muito otimista com a candidatura à reeleição do atual governador Ricardo Coutinho, bem como com o sousense candidato a Senador, o petista Lucélio Cartaxo. 

“Ele está empenhado e pedindo a seus eleitores que façam a escolha segundo sua consciência e analisem o que é melhor para a Paraíba”, afirmou Thalles Gadelha. Numa comparação feita entre Ricardo Coutinho e seu principal concorrente, Zé Célio é categórico em dizer que a capacidade de realização de obras é muito superior a apenas promessas, de modo que, segundo ele, do ponto de vista administrativo, a Paraíba não pode interditar o seu andamento e o curso das ações que estão sendo postas em prática pelo governo do PSB não apenas em Sousa, mas em todo o estado. Visivelmente satisfeito Zé Célio comemorou também o fato de ter reencontrado velhos amigos do PSB a exemplo de Toquinho Figueiredo, Gerlando Linhares e Odair José e tantas outras pessoas, e respeitando o engajamento, empenho e liderança do ex-prefeito e ex-deputado João Estrela como líder maior da coligação na região de Sousa, como também do ex-prefeito e secretário Chefe da Casa Civil do Estado, Fábio Tyrone.

Com relação a pesquisas eleitorais o médico Zé Célio, se mostrou cético, pois, segundo Thalles, ele mesmo já foi vítima em uma própria candidatura, não tendo portanto, nenhuma razão para confiar em números de pesquisas que, historicamente na Paraíba quase nunca acertam em comparação ao resultados das urnas, sobretudo para o cargo majoritário estadual.

Nessa conversa o médico afirmou que foi assediado pelo grupo situacionista em Sousa, no intuito de que ele seguisse o prefeito André Gadelha e apoiasse o candidato Cássio Cunha Lima, no que de imediato, Zé Célio teria descartado sumariamente essa possibilidade, não cedendo a pressões de nenhuma espécie e afirmando que seu compromisso é com um gestor que atenda aos anseios de Sousa e de todo o estado de forma austera e com correção. Portanto, além de não aceitar a convite de André em apoiar o PSDB, Zé Célio ao contrário rechaçou a atitude dele ter rompido politicamente com Veneziano Vital, mesmo tendo sido ajudado com apoio político e financeiro do “cabeludo” na sua então candidatura a prefeito em 2012.

Ouça na íntegra a participação do analista politico sousense Thalles Gadelha

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão