header top bar

section content

Eita: Deputado José Aldemir contesta estupro denunciado por Vituriano na tribuna da ALPB

José Aldemir afirmou que Vituriano foi precipitado, pois a denúncia “é descabida, infundada e irresponsável”.

Por

27/10/2011 às 13h27

O deputado estadual José Aldemir (DEM) rebateu nesta quinta-feira (27) a denúncia feita na tribuna da Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB), pelo também deputado Vituriano de Abreu (PSC), alegando que o presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Marcos Barros (PSB), teria estuprado uma adolescente de 12 anos dentro do prédio da Câmara.

José Aldemir afirmou que Vituriano foi precipitado, pois a denúncia “é descabida, infundada e irresponsável”.

O democrata ressaltou que essa história foi apenas ventilada pelo secretário da Prefeitura Municipal de Cajazeiras Júnior Araújo, sem nenhuma confirmação.

De acordo com Aldemir, a denúncia está norteada de interesses políticos, "pois o secretário está ligado politicamente ao ex-prefeito da cidade, Carlos Rafael”.

Ainda segundo o parlamentar sertanejo, a mãe da suposta vítima e a própria adolescente disserem ao Promotor de Justiça da Cidade que não houve qualquer ato de intimidade entre o presidente da Câmara e a jovem. "Ainda espero que tudo isto seja esclarecido o quanto antes", frisou o parlamentar.

DIÁRIO DO SERTÃO com MaisPB
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

"QUER ENRICAR AINDA MAIS"

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que famoso bispo está vendendo imagens de deusa egípcia na igreja

FOGO NO LIXÃO

VÍDEO: Júnior Araújo denuncia fumaça que tomou conta de Cajazeiras e ataca prefeito Zé Aldemir

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020