header top bar

section content

Jeová e Vituriano rompem após encontro com Governador José Maranhão

Pai do prefeito de Cajazeiras não votará no Jeová para deputado federal. Os dois tiveram encontro na manhã desta quarta-feira (30) com o governador José Maranhão (PMDB).

Por

30/12/2009 às 17h32

Não precisou nem 2010 chegar e o rompimento político entre o deputado Jeová Campos (PT) e o ex-prefeito de Cajazeiras, Vituriano de Abreu (PSC), foi oficializado.

Os dois tiveram encontro na manhã desta quarta-feira (30) com o governador José Maranhão (PMDB). Na pauta, a busca por um entendimento político.

No entanto, o saldo da reunião foi a discórdia e o racha no grupo governista em Cajazeiras. Vituriano afirmou o que a muito tempo tinha vontade de dizer: não votará em Jeová Campos para federal.

O petista não gostou muito da decisão. Jeová votou duas vezes consecutivas em Léo Abreu, filho de Vituriano, para prefeito de Cajazeiras e agora esperava reciprocidade.

Desde o começo do mandato de Léo, Vituriano tem ocupado espaços na mídia de Cajazeiras para criticar Jeová. O rompimento era questão de tempo.

O teor da reunião foi confirmado por uma fonte ligada ao deputado Jeová Campos.

Da redação do MAISPB

Tags:

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”