header top bar

section content

Prefeito de Cajazeiras é o primeiro a reagir contra união de Ricado com DEM

Léo Abreu manifestou sua insatisfação dizendo que acreditava no projeto de renovação dos costumes políticos com Ricardo Coutinho, mas a aliança com o DEM criava “um saco de gatos”.

Por

15/12/2009 às 21h03

O prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu (PSB), foi a primeira grande liderança a reagir contra a união do seu partido com o Democratas, formalizado nesta segunda-feira (14), em João Pessoa.

Em entrevistas concedidas às emissoras de rádio de Cajazeiras, Léo Abreu manifestou sua insatisfação dizendo que acreditava no projeto de renovação dos costumes políticos com Ricardo Coutinho, mas a aliança com o DEM criava “um saco de gatos”.

Na realidade, a união de Ricardo Coutinho com o esquema político do ex-governador Cássio Cunha Lima já provocava especulações a respeito de um possível rompimento político de Léo com Ricardo Cutinho por causa das diferenças entre aliados.

Cássio tem seu esquema político amparado, na região, pelo senador Efraim Morais, pelo deputado federal Efraim Filho, pelo deputado estadual José Aldemir Meirles (todos do DEM) e pelo ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio (PSDB).

Por outro lado, todo o esquema familiar de Léo Abreu está diretamente ligado ao esquema político do governador José Maranhão, incluindo a esposa do Prefeito que ocupa uma secretaria executiva no Governo do Estado.

Da redação do Diário do Sertão
Com Portal PSONLINE

Tags:

Recomendado para você pelo google

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição

FENÔMENO

VÍDEO: Menino cajazeirense impressiona com habilidade no teclado e por ter fabricado instrumento