header top bar

section content

Jornal Folha de São Paulo destaca aliança entre PSB e PSDB na Paraíba

O jornal Folha de São Paulo desta segunda-feira (21) destaca o namoro entre o PSB e o PSDB na Paraíba. Segundo a matéria, o partido do prefeito Ricardo Coutinho "costura alianças com o tucanato em Estados como a Paraíba". A matéria destaca a possibilidade de candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, o que […]

Por

21/09/2009 às 09h47

O jornal Folha de São Paulo desta segunda-feira (21) destaca o namoro entre o PSB e o PSDB na Paraíba. Segundo a matéria, o partido do prefeito Ricardo Coutinho "costura alianças com o tucanato em Estados como a Paraíba".

A matéria destaca a possibilidade de candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, o que poderia culminar no rompimento da aliança entre PT e PSB em estados como o Ceará e Pernambuco.

Leia abaixo a matéria na íntegra.

Ciro pode acabar com aliança de PT e PSB, diz Dirceu

Um dos articuladores da campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), José Dirceu avisa que, mantida a candidatura do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) à Presidência, o PT terá de romper alianças estaduais com o PSB. "Ela não pode ficar sem palanques nos Estados", justifica o ex-ministro.

A acomodação das alianças nos Estados foi objeto de uma conversa entre o presidente Lula, Ciro e Cid Gomes, governador do Ceará, há dez dias, em Fortaleza. Na ocasião, Cid defendeu a candidatura de Ciro como estratégica e negou qualquer constrangimento em abrigar Dilma no seu palanque.

"O próprio presidente lembrou que não teve problema algum em contar com dois candidatos em Pernambuco [na eleição passada]", conta Cid.
Reafirmando a disposição de concorrer, Ciro minimiza riscos que a ameaça traz à sua candidatura. Em Pernambuco, a candidatura do PT poderia debilitar a do governador Eduardo Campos, presidente nacional do PSB. Na quarta-feira passada, Ciro disse ao partido que, se dependesse dele, não transferiria o domicílio eleitoral para São Paulo, o que possibilitaria sua candidatura ao governo paulista. Mas deixou a decisão a cargo do PSB.

Segundo o líder do PSB no Senado, Renato Casagrande (ES), a candidatura à Presidência ganha força no partido, mas a "tendência" é que transfira o domicílio para São Paulo.

Questionado se concorreria ao governo paulista a pedido do partido, Ciro admite: "Sim. Sou disciplinado".

A candidatura de Ciro à Presidência exigirá um rearranjo até com o PSDB. Segundo o líder do PSB na Câmara, Rodrigo Rollemberg (DF), o partido costura alianças com o tucanato em Estados como a Paraíba, onde o PT está dividido entre PMDB e PSB, enquanto parte do PSDB defende aliança com o prefeito Ricardo Coutinho, que é do PSB.

Do portal Correio

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo