header top bar

section content

Reportagem mostra com exclusividade como é fabricada a hóstia de Cajazeiras – VÍDEO!

De acordo com a irmã Isabel Neta, cerca de 13 mil partículas de hóstias são produzidas por dia na fábrica

Por Jocivan Pinheiro

18/08/2016 às 15h25 • atualizado em 18/08/2016 às 15h27

A principal fornecedora de hóstias para as paróquias da Diocese de Cajazeiras é a fábrica mantida pela Congregação das Irmãs Missionárias Carmelitas. De acordo com a irmã Isabel Neta, cerca de 13 mil partículas de hóstias são produzidas por dia na fábrica.

Irmã Isabel mostra os passos da fabricação

Irmã Isabel mostra os passos da fabricação

As hóstias passam por um processo rigoroso na fabricação e na escolha das melhores partículas para serem distribuídas nas paróquias, onde serão consagradas com o Corpo de Cristo (a bênção), segundo os rituais litúrgicos da Igreja Católica.

As irmãs carmelitas receberam a reportagem da TV Diário do Sertão e mostraram com exclusividade o processo (assista no vídeo acima).

VEJA TAMBÉM: Irmãs Carmelitas de CZ mostram escola, o trabalho na educação e na missão evangélica

A hóstia na liturgia católica

Seguindo o exemplo de Cristo, a Igreja utilizou sempre o pão e o vinho com água para celebrar a Ceia do Senhor. O pão para celebrar a Eucaristia deve ser só de trigo, confeccionado recentemente e, segundo a antiga tradição da Igreja latina, pão ázimo.

A natureza de sinal exige que a matéria da Eucaristia tenha o aspecto de autêntico alimento. Convém, portanto, que o pão eucarístico, embora ázimo e apresentando a forma tradicional, seja confeccionado de modo que o sacerdote, na Missa com participação do povo, possa realmente partir a hóstia em várias partes e distribuí-las pelo menos a alguns dos fiéis.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador